Fifa dá prêmio para brasileira que 'narra' jogos para o filho autista e deficiente visual

Para prestigiar histórias de torcedores, a entidade máxima do futebol reconheceu o fato

Foto: Reprodução / Instagram
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A Fifa premiou Silvia Grecco, mãe do garoto Nickollas, de 12 anos, que tem deficiência visual e autismo. Para prestigiar histórias de torcedores, a entidade máxima do futebol reconheceu o fato de que a brasileira narra os jogos para o filho. 

Silvia foi flagrada por câmeras de TV durante a partida entre Palmeiras e Corinthians em 9 de agosto do ano passado, no Allianz Parque. Ela estava ditando o que acontecia no jogo para Nickollas, que ama futebol.

Antes do amistoso do Brasil contra a Colômbia, no início de setembro, Nickollas entrou em campo ao lado de Neymar.