Folha Vitória Fim de semana é marcado por dois crimes em menos de sete horas em bairro da Serra

Fim de semana é marcado por dois crimes em menos de sete horas em bairro da Serra

Pistola, munições, carregadores, rádios comunicadores e drogas foram apreendidas

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O fim de semana no bairro Central Carapina, na Serra, foi marcado por tentativa de assassinato, tiroteio e perseguição. Tudo aconteceu no meio da rua e deixou a comunidade assustada. Em um intervalo de sete horas, dois crimes foram registrados.

O primeiro caso de violência ocorreu por volta das 21h30 de sábado (26) na rua conhecida como Rua do Valão, que é paralela à avenida principal do bairro. Moradores contaram que uma barraca de pastel estava funcionando no local e várias pessoas estavam por lá. Crianças estavam em um pula pula e, de repente, um grupo armado chegou atirando, disparando contra todo mundo que estava no local. Os moradores disseram que uma mulher com uma criança de dois anos por pouco não foi atingida.

Um cliente que estava comendo um pastel acabou baleado no braço. A vítima, de 23 anos, deu entrada na UPA de Carapina e depois foi transferida para um hospital de Vitória. Quem mora na região diz que o dono da pastelaria também foi baleado de raspão na barriga, mas não precisou de atendimento médico.

Depois desse crime, mais tiros no bairro. Dessa vez entre policiais e criminosos na madrugada de domingo (27). Essa ocorrência começou por volta das 4 horas. De acordo com a Polícia Militar, a equipe realizava o patrulhamento na região, quando viu quatro pessoas em situação suspeita. Uma delas é uma jovem de 21 anos, que estaria com um rádio comunicador. Assim que o grupo percebeu a presença da viatura,  começou uma fuga a pé atirou contra os militares.

Segundo a polícia, a mulher gritou para que os comparsas fugissem. Os policiais também atiraram e seguiram o grupo. Dois dos suspeitos chegaram subir no telhado de duas casas, mas como as telhas não aguentaram o peso, a dupla caiu e foi presa. Outros dois suspeitos também foram alcançados. Durante a ação a polícia apreendeu uma pistola, munições, carregadores, rádios comunicadores e drogas.

O material recolhido e os presos foram levados para a delegacia regional da Serra. Segundo a PM, a quadrilha detida teria envolvimento com um tiroteio ocorrido no bairro horas antes, por conta de uma disputa pelo tráfico de drogas. A polícia não confirmou se o crime tem relação com o tiroteio da barraca do pastel.

*Com informações da repórter Jéssica Cardoso, da TV Vitória/Record TV

Últimas