Folha Vitória Fiscalização encontra comércio não essencial aberto em bairros de Cariacica

Fiscalização encontra comércio não essencial aberto em bairros de Cariacica

Lojas de roupa e de materiais de construção funcionavam normalente, apesar da proibição

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Apesar das medidas mais restritivas de fechamento total decretadas pelo governo do Estado, nesta segunda-feira (29), primeiro dia útil das novas restrições, estabelecimentos comerciais - não considerados essenciais - funcionavam normalmente em bairros de Cariacica.

A fiscalização contou com policiais militares, bombeiros, fiscais da Prefeitura e da Defesa Civil e percorreu, nesta segnda-feira a tarde, as ruas dos bairros Flexal 1 e 2. O primeiro flagrante aconteceu na avenida Nossa Senhora da Penha. Uma loja de roupas estava aberta e a proprietária foi orientada a fechar o estabelecimento.

Na mesma avenida, uma loja de material de construção também funcionava. Antes do anúncio das novas restrições, o estabelecimento podia funcionar, uma vez que era considerado atividade essencial.

"Com esse novo decreto, ele retira atividades que antes eram essenciais e passam a não ser mais essenciais. Então essas atividades precisam respeitar os novos requisitos do decreto", explicou o comandante Rodrigues do Corpo de Bombeiros de Cariacica.

Os fiscais também no pólo comercial da avenida Expedito Garcia, em Campo Grande. De acordo com o comandante, a maior parte dos comerciantes obedeceu as regras e manteve as portas fechadas.

Neste primeiro momento, as ações tem o intuito de orientar. Caso os comerciantes que estão proibidos de abrir os estabelecimentos, desrespeitem o decreto estadual, eles poderão ser notificados e até multados, explicou Rodrigues.

"Nós temos muita gente contribuindo e não frequentando locais que tem aglomeração, não abrindo comércios não essenciais. Então para essas pessoas o nosso agradecimento e a gente pede encarecidamente para que o povo apoie as ações de fiscalização do governo e juntos podemos vencer essa pandemia", reforçou o comandante.

As novas medidas restritivas adotadas pelo governo do Estado começaram a valer no último domingo (28) e vão até o dia 4 de abril. Além de prorrogar o fechamento total, o Estado decidiu também pelo fechamento de bancos, financeiras, casas lotéricas e outras atividades não essenciais. Também foi suspensa 100% da frota do transporte público, inclusive, ônibus municipais, intermunicipais e interestaduais. As rodoviárias e a estação ferroviária foram fechadas.

Parte da frota está sendo disponibilizada para transporte exclusivo de profissionais da área da saúde, mas nesta segunda-feira, alguns desses profissionais relataram dificuldade para chegar ao trabalho.

* Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/Record TV.

Últimas