Folha Vitória Fugitivo suspeito de assaltar comércios em Vila Velha é detido

Fugitivo suspeito de assaltar comércios em Vila Velha é detido

Após a detenção do suspeito, os comerciantes dos bairros Itapuã e Praia da Costa, em Vila Velha, reconheceram o homem como autor dos crimes

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma série de assaltos tem sido registrados nos bairros Itapuã e Praia da Costa, ambos em Vila Velha. Todos os registros aconteceram na última semana e nesta quinta-feira (10), policiais militares prenderam o suspeito de ter assaltado pelo menos uma loja de celulares, duas padarias e duas farmácias.

O último assalto praticado pelo homem foi em uma loja de celulares, em Itapuã. A ação foi registrada pelas câmeras de videomonitoramento do estabelecimento. No momento do crime, o suspeito chega a conversar com a vendedora e, em um movimento, ele pega vário celulares, mas olha para trás assustado, deixa os aparelhos e vai embora do local.

A atendente, vítima do assalto, preferiu não se identificar, mas conta que após o susto, publicou o que tinha acabado de acontecer em um grupo nas redes sociais. Em pouco tempo a informação chegou à Polícia Militar e em seguida, o suspeito foi detido.

Segundo informações dos comerciantes da região, o suspeito em momento nenhum exibia a arma de fogo, apenas dizia estar armado e fazia constantes ameaças às vítimas. Ainda segundo os comerciantes, esse mesmo suspeito era o responsável pelos roubos em outros comércios da região.

Após deter o suspeito, a PM descobriu que o homem era um fugitivo da Justiça. Segundo informações da polícia, o suspeito teria fugido do presídio de Tucum, em Cariacica, na última quinta-feira (3) e possuía sete passagens pela polícia por roubo. Na delegacia o homem confessou os roubos nos comércios de Itapuã e Praia da Costa e admitiu que roubava para sustentar o vício em drogas.

A Polícia Militar garante que aumentou o patrulhamento na região em questão. Agora os comerciantes desejam que o suspeito continue preso e que eles consigam trabalhar sem medo.

* Com informações da repórter Milena da  Silva Martins, da TV Vitória/Record TV.

Últimas