Folha Vitória Funcionários da Caixa fazem paralisação e pedem vacina contra covid-19

Funcionários da Caixa fazem paralisação e pedem vacina contra covid-19

A mobilização dos empregados é por melhores condições de trabalho e de atendimento à população, além de proteção contra a covid-19

Folha Vitória
Foto: Sindibancários
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Agência da Praia do Canto, em Vitória

Os funcionários da Caixa Econômica Federal do Espírito Santo paralisaram as atividades nesta terça-feira (27). De acordo com o Sindicato dos Bancários do Espírito Santo (Sindibancários-ES), as reivindicações dos funcionários são por melhores condições de trabalho e de atendimento à população, por meio das contratações dos aprovados no concurso de 2014. 

Além disso, os trabalhadores pedem que sejam incluídos no Plano Nacional de Imunização (PNI). A diretora do Sindibancários-ES, Rita Lima, adiantou que outras paralisações podem ocorrer nos próximos dias.

“O movimento de hoje demonstrou como os bancários e bancárias estão dispostos a lutar pelos seus direitos e a se levantarem contra o desmonte da Caixa. Pedimos que todos fiquem atentos à divulgação das próximas ações”, enfatizou Rita.

Na Grande Vitória, dez agências foram paralisadas. No interior, bancários da agência de Colatina também cruzaram os braços. O atendimento nas agências, em dias normais, tem sido realizado das 8 às 16 horas, com uma ampliação no horário para o atendimento aos beneficiários do auxílio emergencial. Com a paralisação, no entanto, o funcionamento da Caixa foi iniciado às 10 horas.

Em nota, a Caixa Econômica Federal informou que manteve o atendimento à população regularmente nesta terça-feira (27). Até 13 horas, o banco registrou cerca de 400 mil atendimentos em agências físicas, mais de 6 milhões de transações em caixas eletrônicos e 12 milhões de transações na rede lotérica.

Últimas