Fundação Renova oferece 9 mil vagas em cursos de iniciação profissional para jovens

Como medida de segurança diante da pandemia do novo coronavírus, os cursos serão realizados no formato on-line, para manter o distanciamento social

Foto: Reprodução/ Empregos e Concursos
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Jovens da bacia do rio Doce, em Minas Gerais e no Espírito Santo, têm uma oportunidade para estudar e se preparar para o mercado de trabalho. Até 4 de setembro a Fundação Renova disponibiliza cursos gratuitos de iniciação profissional, que serão ministrados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). São disponibilizadas 9.000 vagas, distribuídas em 13 cursos, com duração média de 14 horas cada um.

Como medida de segurança diante da pandemia do novo coronavírus, os cursos serão realizados no formato on-line, para manter o distanciamento social.

Cada jovem poderá escolher até dois cursos das seguintes áreas: Consumo consciente de energia; Educação ambiental; Empreendedorismo; Fundamentos da logística; Lógica de programação; Tecnologia da informação e comunicação; Metrologia; Noções básicas de mecânica automotiva; Segurança do trabalho; Desvendando a indústria 4.0; Desvendando a Blockchain; Desvendando o BIM (Building Information Modeling); e Lean Manufacturing.

Para participar, os jovens devem ter entre 16 e 29 anos e solicitado cadastro na Fundação Renova. Os interessados devem preencher um formulário eletrônico, disponível em https://forms.gle/TAKzNXdYNtGYE6fi9. Após a inscrição, o Senai enviará em até dez dias um link de acesso ao conteúdo. No final do curso, os participantes receberão certificado de conclusão.

Para assistir às aulas, os participantes precisam de computador, tablet ou celular com acesso à internet e os navegadores Mozila Firefox ou Internet Explorer com Adobe Flash Player instalados.

“Os cursos de iniciação profissional fazem parte dos projetos de reparação coletiva chamados Caminhos da Retomada, da Fundação Renova. Essa série de ações visa auxiliar as pessoas a retomarem as atividades econômicas, por meio de dicas de educação financeira, qualificação profissional, acesso ao mercado de trabalho, desenvolvimento de empreendedorismo e acesso a crédito”, diz Deborah Goldemberg, gerente socioeconômica da Fundação Renova.

“São ações importantes para o desenvolvimento das comunidades. Hoje, existe uma demanda muito grande de qualificação profissional por parte dos jovens, que almejam uma qualificação profissional a fim de se prepararem para o mercado de trabalho. Os cursos de iniciação profissional contribuem não só para o desenvolvimento pessoal, mas também para o desenvolvimento econômico dos municípios”, diz o especialista em Economia e Inovação da Fundação Renova, Roberto Ruggeri.

Parceria com o Senai

Os cursos de iniciação profissional são frutos da parceria entre a Fundação Renova e o Senai. São áreas de conhecimento já trabalhadas pela instituição da indústria. A parceria permite a oferta de mais profissionais dedicados ao acompanhamento e orientação dos alunos durante os cursos.

Para Mateus Simões de Freitas, diretor regional do Senai ES, a parceria vai além da simples oferta de cursos ao possibilitar a geração de renda e a empregabilidade dos participantes. “Os cursos oferecem uma primeira competência rápida. A oportunidade permite que o jovem entenda sua vocação e tenha um primeiro contato com o mercado de trabalho, podendo gerar renda e investir cada vez mais na sua formação profissional”, explica Freitas.

O diretor regional do Senai MG, Christiano Leal, afirma que o objetivo dos cursos também é despertar o interesse dos jovens para uma área de atuação. “Quando você realiza um trabalho social para que os jovens entendam quais são as oportunidades que existem em uma carreira profissional, você está abrindo o horizonte deles, despertando o interesse”, diz Leal.

SERVIÇO

Cursos on-line de iniciação profissional

Inscrição: Até o dia 4/9

Formulário de inscrição: https://forms.gle/TAKzNXdYNtGYE6fi9

Cursos oferecidos: Consumo consciente de energia; Educação ambiental; Empreendedorismo; Fundamentos da logística; Lógica de programação; Tecnologia da informação e comunicação; Metrologia; Noções básicas de mecânica automotiva; Segurança do trabalho; Desvendando a indústria 4.0; Desvendando a Blockchain; Desvendando o BIM (Building Information Modeling); e Lean Manufacturing.