Folha Vitória Gatinha com vitiligo muda de cor com o passar dos anos e faz sucesso na internet

Gatinha com vitiligo muda de cor com o passar dos anos e faz sucesso na internet

Condição de pele que afeta 1% da população mundial também pode ocorrer em animais

Folha Vitória
Foto: Reprodução / Instagram

O vitiligo, condição que afeta 1% da população mundial, também pode ocorrer em animais. Este é o caso da gatinha Elli, que com 4 anos de idade tem uma aparência totalmente diferente de seu primeiro ano de vida.

Nascida em 2016, Elli foi resgatada em uma fazenda pela alemã Nichole Böhm e depois que completou um ano, ela rapidamente começou a mudar de cor.

Embora tenha que limitar sua exposição ao sol por conta da doença, Elli é uma gatinha muito saudável e tem até sua própria conta no Instagram, onde sua tutora Nichole publica suas melhores fotos.

De acordo com os veterinários, a despigmentação pode trazer problemas de câncer de pele se não forem tomadas precauções com a exposição ao sol.

Com 112 mil seguidores, Elli é uma verdadeira influenciadora felina! Suas fotos podem ser encontradas em sua conta nas redes e também na #vitiligocat, em que outros donos de gatos com a mesma condição publicam imagens dos bichanos.

Foto: Reprodução / Instagram

* Com informações do R7.com

Últimas