Folha Vitória Governador decreta luto de três dias pelo falecimento de Jônice Tristão

Governador decreta luto de três dias pelo falecimento de Jônice Tristão

O luto será publicado em uma edição extra do Diário Oficial ainda neste sábado

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, decretou luto de três dias pelo falecimento do empresário Jônice Tristão, ocorrido na madrugada deste sábado (09). Jônice Tristão criou o Grupo Tristão e faleceu aos 90 anos. Ainda não há informações sobre a causa da morte e detalhes sobre velório e enterro.

Casagrande também fez uma publicação em uma rede social na qual ressaltou o olhar visionário de Jônice Tristão para levar o café capixaba para vários lugares do mundo. "Parte o homem, fica seu legado", escreveu o governador.

O Centro do Comércio de Café de Vitória (CCCV) divulgou uma nota de pesar lamentando o falecimento "de um dos maiores líderes do agronegócio café brasileiro".

A nota ainda afirma que "o setor exportador de café despede-se de Jônice Tristão, certo de que o seu legado de liderança, tino empresarial e sua figura humana serão preservados pelos seus filhos, netos e acionistas de suas empresas".

Trajetória

Tristão foi presidente do conselho das empresas Tristão, conglomerado que atua principalmente nas áreas de comercialização, armazenagem, industrialização e exportação de café, com sede em Vitória, escritórios em diversas cidades brasileiras e no exterior.

Ele tornou-se um dos maiores empresários brasileiros do café, atividade iniciada por seu pai, José Ribeiro Tristão, em 1935, e mantida pela família, até os dias atuais.

Em 1960, ele fundou a Tristão Companhia de Comércio Exterior e a Triscafé de armazéns gerais, iniciando as exportações de café do grupo, e, em 1971, a Realcafé Solúvel do Brasil S/A e o Café Cafuso. Já em 1978, foi fundada a Tristão UK, em Londres e em 1981, a Tristão Trading, em Nova York.

Em 2015, ele foi homenageado, pelo Espírito Santo em Ação, com a medalha Americo Buaiz. O objetivo da honraria é reconhecer a contribuição de personalidades para o desenvolvimento do Espírito Santo.

Homenagens

O ex-governador, Paulo Hartung, divulgou uma nota de pesar, onde ressaltou a importância da atuação de Tristão para a economia capixaba. "Jônice parte deixando seu nome escrito na história do Estado e do País, além de um belo exemplo para as futuras gerações: o do homem que enxergou além do seu tempo. O ES perde uma liderança importante; já a família e os amigos perdem um ser humano que deixou afeto, alegria e amizade por onde passou", escreveu Hartung.

O perfil oficial de uma das empresas do Grupo Tristão publicou uma nota de pesar sobre o falecimento de Jônice Tristão. A publicação ressaltou a presença do empresário para o setor e manifestou condolências aos familiares. "A nós, funcionários e acionistas da Realcafé e Tristão, fica a honra de conviver com uma pessoa tão especial e a certeza de que seguiremos seus ensinamentos, dando continuidade aos seus valores e seus ideais no dia a dia dos negócios", diz parte da nota.

Últimas