Folha Vitória Governo do Estado participa de reunião na Prefeitura de Vitória para debater impasse em obra

Governo do Estado participa de reunião na Prefeitura de Vitória para debater impasse em obra

Nesta semana, a Prefeitura de Vitória embargou um trecho do Complexo Viário de Carapina, obra que está sendo realizada pelo governo estadual

Folha Vitória
Foto: arquivo
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O secretário de Mobilidade e Infraestrutura do governo estadual, Fábio Damasceno, e o chefe da Casa Civil do governo Casagrande, Davi Diniz, participaram de uma reunião no gabinete do prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini (Republicanos), na tarde desta quinta-feira (27). Um dos assunto em pauta foi o impasse referente às obras do Complexo Viário de Carapina.

Nesta semana, a Prefeitura de Vitória embargou um trecho da obra que está sendo realizada pelo governo estadual. A Secretaria de Meio Ambiente (Semman) da Capital informou que o motivo foi a não apresentação de licenciamento ambiental. Com isso, a primeira etapa dos trabalhos, que contempla um trecho da antiga Reta do Aeroporto, só está sendo realizada na parte que fica no município da Serra. 

O governo estadual entrou com recurso, na última terça-feira (23). Para a Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura o auto de embargo é equivocado, "já que o trecho foi estadualizado (ES 020) e está localizado numa região conurbada, entre os municípios de Vitória e Serra". Com isso, a competência para concessão de licenciamento é do IEMA, segundo a pasta. 

"A obra é uma reivindicação da sociedade para melhoria do trânsito na região, da qualidade de vida e da segurança de todos que circulam diariamente pelo local. Esperamos que a Prefeitura de Vitória reveja sua decisão com urgência, a fim de evitar prejuízos maiores para a população da Grande Vitória", afirmou por meio de nota a Semobi. 

Entenda a obra do Complexo Viário de Carapina 

As obras do complexo viário Trevo de Carapina serão divididas em três etapas. A primeira corresponde ao trecho da antiga Reta do Aeroporto (até a divisa entre os municípios de Serra e Vitória), onde serão executados os serviços de implantação de três faixas por sentido, calçada e ciclovia no sentido Vitória e calçada no sentido Serra, além de drenagem, paisagismo e iluminação. Durante a execução, serão mantidas sempre duas faixas por sentido no trecho e o prazo de execução será de seis meses.

Já a segunda fase corresponde ao trecho da Serra até o viaduto de acesso à Rodovia do Contorno, onde serão implantadas 4 faixas de rolamento por sentido, além de uma faixa multiuso (também por sentido), que será utilizada para acesso às edificações e como baias de ônibus. Também será implantada uma área de convivência e lazer, com dez metros de largura no canteiro central deste trecho. Essa etapa deve começar a ser executada em dezembro deste ano e ser entregue até julho de 2022.

A terceira etapa será iniciada no início do ano que vem e corresponde a construção do viaduto para os novos acessos aos bairros Jardim Carapina e Eurico Salles. Essa fase será iniciada antes da finalização da segunda etapa. A conclusão total das obras do complexo viário Trevo de Carapina tem previsão de término em dezembro de 2022.

A obra é uma das prioridades do Governo do Estado na área de mobilidade e tem investimento de R$ 76,5 milhões. O prazo de execução dos trabalhos é de 24 meses, sendo que os cinco primeiros são dedicados aos projetos necessários.

Últimas