Folha Vitória Grande Vitória registra maior acumulado de chuva em 24h; uma pessoa morreu no ES

Grande Vitória registra maior acumulado de chuva em 24h; uma pessoa morreu no ES

Houve registros de alagamentos, queda de muros, interdições e rodovias interditadas durante o temporal

Folha Vitória
Foto: Leitor / WhatsApp
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

As cinco principais cidades da Grande Vitória registraram os maiores acumulados de chuva na noite deste domingo (07) no Espírito Santo. De acordo com o boletim da Defesa Civil Estadual, atualizado às 6 horas desta segunda-feira (08), a quantidade registrada em Vila Velha, onde mais choveu, chegou a 115,93 milímetros. Uma pessoa morreu ao ser atingida por um raio no interior do estado.

Os dados apontam, ainda, que os grandes acumulados foram registrados na Serra, onde choveu 110,48mm; Vitória, com 91,27 mm; Viana, com 82,80 mm; e Cariacica, com o acumulado de 80,21 mm de chuva.

No interior do Espírito Santo, os maiores acumulados foram registrados em São Domingos do Norte, com 78.03 mm e Santa Maria de Jetibá, com 71,04 mm. Muita chuva também em Fundão, com 64,20 mm, e Cachoeiro de Itapemirim, com 59,63 mm. 

Leia também: VÍDEOS| Chuva forte faz parte do teto de shopping desabar na Praia da Costa

Em diversos municípios capixabas foram registrados alagamentos, quedas de árvores e vários outros tipos de ocorrência. Em Pancas, uma pessoa morreu após receber uma descarga elétrica durante a tempestade de raios no Córrego São José, na zona rural do município.

Em Afonso Cláudio, houve registro de queda de árvores, interditando parte da BR-484. Queda de árvore também em Barra de São Francisco, onde casas ficaram destelhadas. Em Colatina, parte das telhas de uma edificação atingiram uma residência vizinha. 

Na Grande Vitória, em Serra, houve queda de muro e transbordamento de córrego, inundando residências no bairro Divinópolis. Em Viana, casa alagada no bairro Nova Bethânia e muro com risco de queda em Marcílio de Noronha.

Em Vila Velha, houve desabamento de parte do teto de dois shoppings e alagamentos nos Hospitais Antonio Bezerra de Faria e no Hospital dos Ferroviários. Vitória registrou alagamentos no Hospital São Lucas, Hospital Infantil e no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). Na Capital, houve ainda o desabamento parcial do foro do teto da Pró-matre.

Últimas