Folha Vitória Grávida apanha do namorado em Cariacica por não querer comer bacon em hambúrguer

Grávida apanha do namorado em Cariacica por não querer comer bacon em hambúrguer

O crime de violência contra a mulher aconteceu na madrugada desta terça-feira (20), em Novo Horizonte, bairro de Cariacica

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um rapaz de 19 anos agrediu a namorada, que está grávida de 7 meses, porque ela não queria bacon no hambúrguer que pediu para comer. O crime de violência contra a mulher aconteceu na madrugada desta terça-feira (20), em Novo Horizonte, Cariacica.

A vítima, de 21 anos, conta que o relacionamento já durava três anos, e que, durante esse tempo, já havia sofrido agressões físicas e verbais. Dessa vez, o rapaz acertou o rosto da mulher com um soco.

"Ele já estava bêbado. Eu pedi um lanche e ele reclamou que o hambúrguer não tinha bacon. Eu disse que não queria comer bacon, aí ele foi e me deu uma porrada", relatou a jovem que não quis se identificar.

Irmã do agressor o denunciou para a polícia

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O casal morava numa casa em Novo Horizonte, junto da mãe e irmã do agressor. A cunhada  ligou para a polícia e o denunciou.

A mãe do rapaz precisou aguardar a chegada dos agentes de segurança fora de casa, na companhia de uma vizinha, porque ele estava violento e fazendo ameaças.

A Polícia Militar, ao chegar ao local, constatou a agressão contra a mulher e chamaram uma ambulância do SAMU para socorrer a vítima. A jovem foi levada para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória, onde passou por exames médicos e foi liberada.

O rapaz foi encaminhado para uma Delegacia em Vitória, onde funciona um Plantão Especializado da Mulher (PEM).

Em nota, a Polícia Civil informa que o agressor foi autuado em flagrante na Lei Maria da Penha, pelos crimes de injúria, ameaça e lesão corporal, e foi conduzido para o Centro de Triagem de Viana.

Emocianada, a mãe do rapaz disse que é fundamental que as mulheres não se calem e denunciem sempre a violência e agressões sofridas.

Com informações do repórter Rodrigo Schereder, da TV Vitória/Record TV.

Últimas