Folha Vitória Grávida é torturada pelo ex com socos e mordidas após ser retirada à força de festa em Vila Velha

Grávida é torturada pelo ex com socos e mordidas após ser retirada à força de festa em Vila Velha

Ele tirou a mulher da festa, a levou à força para casa e a agrediu durante toda a madrugada com chutes, socos e mordidas; caso aconteceu na madrugada de sábado (11)

Foto: Suellen Araújo

Uma mulher grávida de 24 anos foi torturada pelo ex-companheiro com chutes, socos e mordidas no bairro Barramares, em Vila Velha. O caso aconteceu na madrugada do último sábado (11), quando os dois se encontraram em uma festa.

A vítima, que está grávida de 5 meses, ainda teve duas unhas arrancadas pelo agressor. À Polícia Militar, a mulher informou que estava separada do suspeito, mas eles se encontraram em uma festa. Ele tirou a mulher do local, levou à força para a casa dela e a agrediu durante toda a madrugada com chutes, socos e mordidas. 

A Polícia Militar foi acionada pelos vizinhos, que ouviram os gritos de socorro da grávida. Quando os militares chegaram para atender a ocorrência, a vítima informou que não foi a primeira vez que ela foi agredida pelo ex-companheiro. 

LEIA TAMBÉM: >> "Terá massacre": mensagem com ameaça é escrita em banheiro de escola particular de Jardim da Penha

Por conta da gravidade das lesões que a mulher teve na cabeça, ela precisou ser levada para o Hospital São Lucas pelos militares. Ela levou cerca de 7 pontos na orelha por causa de uma mordida, mas, segundo atendimento médico, ela passa bem e já foi liberada. 

Suspeito tem passagens pelo sistema prisional

O suspeito de agredir a vítima é um homem de 28 anos. Segundo informações da Secretaria de Justiça do Estado (Sejus), ele tem passagens pelo sistema prisional entre junho de 2013 e setembro de 2021 por tráfico de drogas. Além disso, a mulher já tinha uma medida protetiva contra o agressor.

A Polícia Civil informou que a vítima esteve na delegacia, prestou depoimento, e pediu uma medida protetiva de urgência e representou criminalmente contra o investigado. A vítima foi encaminhada para realizar exame de corpo de delito no Departamento Legal, em Vitória. O caso será investigado pela polícia.

*Com informações da repórter Alessandra Ximenes da TV Vitória/Record TV

Últimas