Folha Vitória Gripe: Mais de 10.200 pessoas são vacinadas em mutirão de Viana

Gripe: Mais de 10.200 pessoas são vacinadas em mutirão de Viana

A 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza está com seu público-alvo ampliado, para atender a determinação do Ministério da Saúde. Todas as pessoas maiores de seis meses ou mais poderão ser vacinadas

Folha Vitória
Foto: Altair Helmer/Secom Viana
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

No último sábado (10) aconteceu um mutirão de vacinação contra a gripe em Viana. Ao todo, 10.216 pessoas de todo o estado foram vacinadas nos seis pontos de vacinação estruturados no município. Além de pontos de vacinação pela cidade, um DriveThru também estava à disposição da população que desejava ser imunizada contra a Influenza.

O prefeito de Viana, Wanderson Bueno, fez a abertura dos trabalhos pela manhã e destacou a importância da ação. 

“A vacinação contra a Influenza também é de suma importância. É uma alegria imensa poder ajudar outros municípios nessa campanha de imunização contra a gripe. Viana hoje tem condições de abrir suas portas por estar com uma avançada cobertura vacinal e ter estrutura para poder beneficiar não só aos vianenses, mas toda a população capixaba”, enfatizou.

Já a secretária municipal de Saúde de Viana, Jaqueline Jubini, reforçou a importância de se proteger contra a influenza, pois a vacina ajuda na redução dos casos graves de gripe que também pressionam o sistema de saúde. 

“A imunização é importante para prevenir o surgimento de complicações decorrentes da gripe. A influenza pode ser grave, levando a internações e até à morte. Por isso, a vacina é de extrema importância e todos os grupos incluídos pelo Ministério da Saúde devem recebê-la", observou.

O subsecretário de Estado de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin, e o gerente de Vigilância em Saúde, Orlei Amaral Cardoso, também estiveram presentes no evento.

Agilidade nos atendimentos

Um dos primeiros a ser imunizado contra a gripe foi o morador de Canaã, em Viana, Edvan Viana, de 44 anos. Ele elogiou a organização da ação e disse que estava esperando pela vacina. “Muito boa essa iniciativa, ainda mais que eu estava esperando há um tempo. Foi prático, rápido e muito bem organizado”, contou.

Já mãe e filha, Marilene dos Santos Pereira, 49, e Milena Pereira Gonçalves, 12, foram vacinadas juntas contra a influenza. “Agora nós duas estamos protegidas contra a gripe. Essa era uma vacina que procurei por duas vezes, e hoje eu consegui não só para mim, mas para ela também, o que traz um alívio e um conforto para nós”, disse Marilene.

E a família Paiva, do bairro Nova Brasília, em Cariacica aproveitou a oportunidade para todos serem imunizados. Sebastiana Paiva, 59, Leonardo, 29, e Lucas Paiva, 18, foram à EMEF Constantino, em Marcílio de Noronha, para vacinar e disseram que aguardaram muito tempo para serem imunizados contra a gripe. 

“Não víamos o momento de conseguir estar vacinados contra a gripe, uma doença que aparentemente não damos muita atenção, mas que também pode ser bem ruim. Estamos muito gratos, principalmente por agora estarmos protegidos porque fomos imunizados em família”, comemorou Sebastiana.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza

Em Viana, a 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza está com seu público-alvo ampliado, para atender a determinação do Ministério da Saúde. Todas as pessoas maiores de seis meses ou mais poderão ser vacinadas.

Como duas campanhas de vacinação estão acontecendo em simultâneo (gripe e Covid-19), a orientação da SEMSA é que se deve respeitar o intervalo mínimo de 14 dias entre as duas vacinas.

Últimas