Folha Vitória Grupo de aplicativo de mensagens ajuda população de Itapuã no combate ao crime

Grupo de aplicativo de mensagens ajuda população de Itapuã no combate ao crime

Depois de moradores e comerciantes reclamarem da falta de policiamento no bairro, a Polícia Militar criou um grupo para ter contato direto com a população

Folha Vitória
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Os moradores e comerciantes do bairro Itapuã, em Vila Velha, estão mais aliviados. Após uma onda de assaltos e arrombamentos no bairro, a Polícia Militar criou um grupo em um aplicativo de mensagens para ter contato direto com a população. 

Já foram vários os relatos de crimes na região. A falta de policiamento no bairro era uma reclamação constantes da população local. Agora, a situação é bem diferente. Um grupo no aplicativo de mensagens Whatsapp foi criado para estabelecer um contato direto entre moradores, comerciantes e a polícia. 

O projeto deve ser estendido para outros bairros de Vila Velha. De acordo com a Capitã Samiramis, a comunicação entre a comunidade e a polícia é importante para ajudar no combate aos crimes. "A ideia do grupo é antecipar o trabalho da policia e conhecer as demandas da população. Quando acontecer algo, podemos acionar um viatura mais rápido", explicou.

A ideia já trouxe bons resultados. Na semana passada, uma loja de conserto de celulares do bairro foi assaltada. Assim que aconteceu o crime, uma funcionária publicou um vídeo no grupo, mostrando o rosto do suspeito. Uma hora depois o homem foi preso. A policia descobriu que o suspeito era foragido da Justiça e tinha assaltado pelo menos, mais quatro comerciantes da região.

Com o projeto, a funcionária da loja assaltada se sente aliviada e consegue trabalhar em paz. "Com esse grupo de comerciantes, conseguimos ter contato com a polícia. Quando acontece alguma coisa, eles mandam uma viatura. Isso traz mas segurança para gente", disse. 

*Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/Record TV. 

Últimas