Folha Vitória Harry e Meghan sofrem queda de popularidade após entrevista com Oprah

Harry e Meghan sofrem queda de popularidade após entrevista com Oprah

Revelações deixaram a monarquia na maior crise do século, mas, segundo levantamento, imagem do casal também ficou abalada

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Após a entrevista polêmica que príncipe Harry e Meghan Markle concederam à apresentadora Oprah Winfrey, a popularidade do casal caiu no Reino Unido. A informação a respeito da fama dos duques de Sussex foi divulgada nesta sexta-feira (12).

Durante a entrevista, que foi exibida no talk show norte-americano no último domingo (7), a duquesa relatou que foi ignorada no momento que pediu ajuda da família quando pensou em cometer suicídio e que um dos membros da realeza chegou a questionar ela sobre o quão "escura" seria a pele do filho, Archie, devido à sua tonalidade de pele.

Príncipe Harry, neto da rainha Elizabeth, também questionou a reação da família sobre o afastamento dele dos compromissos reais.

De acordo com uma pesquisa elaborada pela empresa YouGov, após a entrevista, a família real teve que enfrentar a sua maior crise neste século e a fama do casal também ficou prejudicada após a presença no talk show.

O levantamento também constatou que 48% dos 1.664 entrevistados apresentaram uma reação negativa sobre a posição de Harry e 45% positiva. O índice mostra também que esta foi a primeira vez em que a popularidade do príncipe ficou em baixa e o nome real também sofreu com uma queda de 15 pontos em comparação a semana anterior.

Questionados sobre Meghan, apenas três de dez pessoas tiveram uma reação positiva a respeito das atitudes da duquesa e 58% dos entrevistados reagiram negativamente.

Assim como outras pesquisas relacionadas ao casal, esta também apontou uma forte diferença de opinião entre as faixas etárias. A maior parte das pessoas com idade entre 18 a 24 anos gostam de Harry e Meghan, enquanto pessoas com mais de 65 anos tem reações negativas sobre o casal.

Outro membro da família real que também sofreu com a queda na popularidade foi o pai de Harry. A pesquisa mostra que atualmente, 42% possuem uma visão negativa a respeito do príncipe herdeiro Charles e 49% têm uma visão positiva.

A rainha Elizabeth, de 94 anos, segue como a querida para 80% dos entrevistados e o irmão mais velho de Harry, junto com a esposa Kate, estão com a popularidade em alta com três quartos dos entrevistados.

Antes da entrevista ser divulgada no Reino Unido, um outro levantamento mostrou que o apoio à monarquia não sofreu grandes alterações. Cerca de 63% das pessoas acreditam na instituição e 25% desejam um chefe de Estado eleito.

Porém, alguns dados preocupam a grande monarquia. O apoio dos mais jovens a respeito da eleição de um chefe de Estado está maior do que o apoio à monarquia. O apoio segue uma proporção de 42% para 37%. 

*Com informações do Portal R7

Últimas