Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Homem inventa história para atrair vizinha e mata mulher a facadas na Serra

O homem, segundo a polícia, chamou a vítima para ajudá-lo, relatando que a esposa estaria passando mal. Quando Edna entrou no apartamento...

Folha Vitória

Folha Vitória|Do R7


Folha Vitória
Folha Vitória

Uma mulher de 36 anos, identificada como Edna Barreto Santos, foi morta a facadas na noite de quarta-feira (15), dentro da casa do vizinho, em Feu Rosa, na Serra. A polícia suspeita que a vítima tenha sido violentada pelo homem antes de ser assassinada. 

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe do nosso grupo no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

De acordo com as primeiras informações da Polícia Civil, a mulher estava no apartamento, no terceiro andar de um prédio, quando o homem, que morava no primeiro andar, a chamou para ajudá-lo, relatando que a esposa dele estaria passando mal. 

A mulher desceu as escadas e entrou no apartamento dele. Foi então que, segundo a polícia, ele a agarrou, amordaçou e teria a violentado. Logo depois, a matou a facadas.

Publicidade

Após esfaquear a mulher, o homem ainda tentou fazer a segunda vítima. Segundo os policiais, o suspeito deixou o corpo da mulher na cama, depois subiu para o segundo andar, onde estava outra mulher, e contou a mesma história, dizendo que a esposa estaria passando mal e precisava de ajuda. 

A mulher desceu e chegou a entrar na casa, mas quando viu que o homem estava com uma tesoura na mão e tentou agarrá-la, ela gritou e pediu ajuda.

Publicidade

O neto da mulher, que tem 13 anos, ouviu o pedido de socorro e, imediatamente, foi para o portão gritar por ajuda. Os vizinhos ouviram, foram ao local ver o que estava acontecendo e encontraram o homem dentro de casa, deitado chão, com várias caixas de remédio ao lado e comprimidos na boca. 

Assim que viram a mulher morta em cima da cama, eles acionaram a polícia e o Samu. A esposa dele estava trabalhando no momento do crime. 

O homem foi levado para um hospital da região, com suspeita de intoxicação por medicamento. Já o corpo da mulher assassinada, foi encaminhado para o Departamento Médico Legal de Vitória para ser reconhecido e liberado por familiares.

Com informações da repórter da TV Vitória/Record TV, Larissa Barcelos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.