Folha Vitória Homem se passa por funcionário da Prefeitura da Serra para tentar invadir casas

Homem se passa por funcionário da Prefeitura da Serra para tentar invadir casas

O suspeito fingia ser um funcionário do setor de educação do município para entrar na casa das vítimas

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Em meio à pandemia do novo coronavírus, a área da educação, assim como uma variedade de outros setores, acabou sofrendo algumas adaptações como a adoção da educação remota. Porém, além da preocupação com o ensino das crianças, um outro problema tem surgido neste período. Criminosos estão se passando por funcionários da educação para entrar nas residências. 

A mãe de um adolescente foi vítima desse golpe. Ela, que mora no bairro Parque Residencial Laranjeiras, na Serra, preferiu não se identificar, mas contou que recebeu uma visita de um homem que dizia ser funcionário da Secretaria de Educação da Prefeitura da Serra.

Durante a abordagem, o rapaz tentou convencer a família de que estaria visitando a residência a mando da prefeitura para prestar auxílio às crianças nos estudos durante a pandemia, pois algumas crianças estavam estudando em casa e estariam com dificuldades.

Desconfiada, a mulher estranhou a atitude do suspeito e disse que iria ligar para a escola e confirmar a presença do funcionário. Porém, no momento em que a mulher anunciou que iria ligar, o homem saiu correndo.

"O crachá dele era bege, mas estava escrito 'treinamento'. Só isso. E ele não deixou eu ver mais o crachá e só mostrou quando quis".

Alertou os vizinhos

Preocupada com o que tinha acabado de acontecer, a mulher decidiu ligar para os vizinhos dizendo que havia um homem se passando por funcionário da prefeitura e que aquilo seria um golpe.

"Naquele momento eu tive certeza que era um ladrão, e que era um golpista. Graças a Deus não abri o portão".

A mãe do adolescente disse que não registrou Boletim de Ocorrência, mas de acordo com a Polícia Civil, o boletim nesses casos é muito importante para que os suspeitos sejam procurados.

A equipe de jornalismo da TV Vitória entrou em contato com a Prefeitura da Serra para saber quais as orientações para os pais dos alunos nestes ocasiões, mas até o momento não obteve retorno. Assim que o posicionamento for enviado, a matéria será atualizada. 

ATENÇÃO!

A Polícia Civil definiu alguns pontos que devem ser levados em consideração nestas ocasiões:

Não receba visitas de pessoas desconhecidas; Caso a pessoa se identifique como profissional de educação, exija crachá ou documento funcional; Ligue para a Secretaria de Educação e confirme se esta pessoa é realmente funcionária da prefeitura; Não forneça informações pessoais como números de documentos, cartão de crédito ou outros dados; Em caso de suspeita de crime, acione imediatamente a polícia por meio do Ciodes 190.

* Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/RecordTV

Últimas