Folha Vitória Hotel fechado após indiano testar positivo para covid-19 suspende reservas até 15 de junho

Hotel fechado após indiano testar positivo para covid-19 suspende reservas até 15 de junho

Ao todo, 94 pessoas estão isoladas no estabelecimento desde a última sexta-feira, quando foi confirmado que o hóspede está infectado com a doença

Folha Vitória
Foto: TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O hotel na orla de Camburi, em Vitória, que precisou ser interditado pela Vigilância Sanitária Estadual após um hóspede indiano testar positivo para a covid-19 suspendeu todas as reservas até o dia 15 de junho. No site do hotel, na área onde é possível fazer as reservas, há um X em vermelho nos próximos dias, até o fim da primeira quinzena do mês que vem.

Ao todo, 94 pessoas estão isoladas no hotel desde a confirmação de que o hóspede indiano está infectado com o novo coronavírus. Todos elas foram submetidas a testes RT-PCR, que foram realizados na área da piscina do hotel. 

Caso os resultados dos pacientes sejam negativos, novas amostras serão coletadas em 48 horas para confirmação final. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), o quantitativo de positivos e negativos será informado ao final do processamento das amostras.

Caso testem positivo para covid-19, os hóspedes e funcionários ficarão em isolamento por 10 dias. Ao todo, há 52 adultos cinco crianças e 37 trabalhadores do hotel.

Leia também:

>> Hotel interditado em Vitória não cumpria protocolo de segurança epidemiológica
>> Hotel fechado após indiano testar positivo para covid é usado por funcionários da Petrobras

Apesar de o exame de RT-PCR feito no hóspede indiano ter dado positivo, a confirmação se a contaminação é pela cepa indiana ainda depende de um exame para identificar a linhagem do vírus, que será feito pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro

O hotel também hospedava outros dois indianos, companheiros de trabalho do hóspede infectado com o coronavírus. Eles também realizaram o teste para detecção do vírus, mas testaram negativo. 

Chegada

O grupo de indianos é composto por um comandante e dois marinheiros. Segundo a Sesa, eles permanecem isolados em um quarto. A Secretaria não divulgou qual tripulante está contaminado.

Os indianos vieram para o Espírito Santo num voo vindo de São Paulo. Os três levariam um navio atracado no litoral capixaba para a Índia. O passageiro que testou positivo já chegou ao Estado com sintomas de covid-19, como tosse, coriza e febre.

Diante da situação, o hotel acionou a Vigilância Sanitária. Os profissionais foram até o quarto dos estrangeiros e aplicaram o teste PCR. Em seguida, foi feito um rastreamento entre os funcionários que tiveram contato direto com os três asiáticos.

Últimas