Folha Vitória Idoso é amarrado e espancado até a morte por sete homens na Serra

Idoso é amarrado e espancado até a morte por sete homens na Serra

O crime aconteceu na manhã desta segunda-feira (08), enquanto a vítima mexia em uma construção na casa de uma vizinha. Segundo a polícia, ainda não se sabe a motivação do crime

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um idoso, de 73 anos, foi amarrado e espancado até a morte no bairro Cidade Pomar, na Serra, na manhã desta segunda-feira (08). Segundo a polícia, o idoso foi agredido com pedaços de madeira por pelo menos sete pessoas. 

"Conhecia ele a muitos anos, mas não esperava que fosse acontecer isso. Eu estou chocada e muito abalada", afirmou uma amiga da vítima que prefere não ser identificada.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima estava mexendo em uma obra no quintal de uma casa na região quando foi surpreendida. 

A Polícia Militar foi acionada e ao chegar no local constatou que o idoso já estava sem vida. A equipe de perícia também esteve na área da obra, recolheu provas e analisou toda a cena. Próximo ao corpo do idoso, investigadores encontraram pedaços de madeira e estacas que teriam sido usadas pelos agressores no crime. 

Vítima era do interior do estado e vivia há 15 anos na Grande Vitória

Os peritos informaram que encontraram pelo corpo do idoso vários sinais de espancamento. Entretanto, não identificaram nenhuma perfuração feita por disparo de arma de fogo ou corte mais profundo feito por um faca. 

Alguns vizinhos contaram à reportagem da TV Vitória que o idoso morava próximo ao local onde foi assassinado. Algumas pessoas informaram também que ele era natural de Colatina, Noroeste do estado, mas vivia há 15 anos na Grande Vitoria. 

Polícia ouviu testemunhas e já identificou alguns agressores

Após atender ocorrência, a Polícia Civil conduziu algumas testemunhas para a delegacia. De acordo com os policias, alguns agressores já foram identificados. O delegado responsável pela investigação esteve no local, mas não revelou o que teria motivado o crime. 

O corpo do idoso foi recolhido e levado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória. O idoso não morava na residência onde o crime aconteceu. Ele conhecia a dona da casa e tinha ido até o local para mexer uma construção. Duas filhas do idoso já foram avisadas do crime e estão a caminho do DML da Capital.

*Com informações da repórter Suellen Araújo, da TV Vitória / Record TV

Últimas