Folha Vitória Influenciadora se arrepende de bichectomia e mostra o efeito colateral: "Minha cara caiu"

Influenciadora se arrepende de bichectomia e mostra o efeito colateral: "Minha cara caiu"

Jéssica Frozza relatou aos seguidores que o procedimento começou a apresentar efeitos colaterais após um ano

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A influenciadora Jéssica Frozza mostrou em rede social o resultado de um procedimento estético nada satisfatório. Há um ano, a moça fez bichectomia, que consiste na retirada das glândulas de Bichat, que são bolsas de gordura depositadas na região das bochechas para afinar o rosto, mas de acordo com ela, um ano após realizar o procedimento, apareceu o efeito colateral.

Como se trata de um tipo de gordura que não é usada como fonte de energia, elas não diminuem com dieta e atividade física. Daí, a interferência cirúrgica. 

"No primeiro ano você acha massa", explicou Jéssica. "Só que depois do primeiro ano, juro por Deus, meu rosto ganhou uma flacidez gigantesca. Caiu a minha cara. Hoje tenho que ficar fazendo procedimento para estimular o colágeno na bola de Bichat. Fiquei caveirística. Por que ninguém me avisou?"

Bichetomia pode envelhecer o rosto?

Segundo a Dra Ana Paula Quinteiro Moro, especialista em procedimentos da face e crânio, a bichectomia, apesar de ser um procedimento simples, possui riscos como infecções, assimetria facial e esqueletização da face, como foi relatado pela influenciadora Jéssica Frozza.

"A gordura localizada na bochecha tem a função de sustentar a pele facial e, por isso, sua ausência pode resultar em flacidez na região com o passar dos anos", explica. 

*Com informações do Portal R7

Últimas