Folha Vitória Início do processo de revitalização de lagoa em Guarapari é motivo de comemoração para vereador e comunidade

Início do processo de revitalização de lagoa em Guarapari é motivo de comemoração para vereador e comunidade

A lagoa Ilha das Garças, situada entre os bairros Bela Vista e Nossa Senhora da Conceição, passou pela primeira etapa de limpeza e desobstrução

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Recentemente, a Prefeitura de Guarapari, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura (Semag), em conjunto com a Secretaria Municipal de Obras (Semop), Companhia de Melhoramentos e Desenvolvimento Urbano de Guarapari (Codeg) e Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), deu início ao processo de revitalização da lagoa Ilha das Garças, situada entre os Bela Vista e Nossa Senhora da Conceição. O avanço foi motivo de comemoração para o vereador Thiago Paterlini (Podemos), que representa a comunidade dos bairros reivindicando atenção para o assoreamento da lagoa há mais de nove anos.

Em 2011, Paterlini apresentou o primeiro requerimento ao Executivo a respeito do assoreamento e abandono da lagoa Ilha das Garças, a pedido dos moradores dos bairros Bela Vista e Nossa Senhora da Conceição. Contudo, apenas em 2018 seu pedido foi ouvido pelo poder público municipal e, na última semana, a Prefeitura de Guarapari deu início ao processo de limpeza e desobstrução da área. “A lagoa vem há muito tempo sendo assoreada, por falta de interesse do poder público e pelo descaso dos moradores, que contribuíram para a poluição jogando lixo e esgoto no local”, explica o parlamentar.

Para Thiago Paterlini, a revitalização da lagoa representa não apenas a preservação da área ambiental, como também da memória afetiva da comunidade local. “Muitos que cresceram no bairro nadavam e pescavam na lagoa, que era utilizada pela comunidade como área de lazer para a comunidade. O nosso objetivo é que isso volte a ser possível”.

Além disso, o vereador enfatiza a importância da preservação da lagoa para manutenção do ecossistema. “Existe uma biodiversidade naquele espaço, todo um ecossistema é afetado pelo assoreamento da lagoa. A proliferação de mosquitos na região, por exemplo, aumenta quando as espécies predadoras não conseguem sobreviver na região”.

Confira o vídeo em que Thiago Paterlini, líderes comunitários dos bairros Bela Vista e Nossa Senhora da Conceição e representantes do Executivo explicam os esforços coletivos a fim de alcançar a completa revitalização da lagoa.

O vereador comemora os primeiros passos, mas afirma que ainda há muito a ser feito. “Esse é só o começo, ainda é preciso limpar muito, retirar a vegetação que se alastrou e recuperar as margens da lagoa. Para isso, contamos com o apoio das comunidades ao entorno, que também deve preservar esse bem público”.

Para compreender quais são os próximos passos para a revitalização, qual a previsão de finalização do processo e se há planos para a região ao entorno da lagoa, consultamos a Prefeitura de Guarapari, que respondeu por meio de nota:

“A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura – Semag esclarece que continuará os trabalhos de limpeza e abertura das margens, em conjunto com a Secretaria Municipal de Obras – Semop, Companhia de Melhoramentos e Desenvolvimento Urbano de Guarapari – Codeg, e Companhia Espírito Santense de Saneamento – Cesan, com o objetivo de retirar a cobertura vegetal existente na lâmina d’água, garantindo a oxigenação da lagoa.

As ações estão sendo planejados em conjunto com os demais órgãos e a segunda etapa está prevista para a próxima semana.

Vale ressaltar que, a revitalização do espaço depende de diversos outros fatores urbanísticos

Os órgãos citados têm buscado alternativas para toda a revitalização da lagoa, tendo em vista que já existe um projeto confeccionado pela administração pública, a ser implantado no local. O município segue buscando parcerias para execução.”

Texto: Nicolly Credi-Dio

Últimas