Folha Vitória IRPF 2021: último dia para declarar e restituição do 1º lote é paga

IRPF 2021: último dia para declarar e restituição do 1º lote é paga

Contribuintes têm até as 23h59 desta segunda-feira (31) para enviar a declaração

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O prazo para enviar a declaração do imposto de renda de 2021 para a Receita Federal termina nesta segunda-feira (31). O envio deve ser feito até às 23h59 da data limite e quem perder o prazo vai pagar multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido.

Para quem deixou tudo para a última hora, a dica é não se precipitar e obter o máximo de informações para que o documento enviado não seja passível de cair na malha fiscal da Receita. No Espírito Santo, são esperadas 636 mil declarações, mas até a última sexta-feira (28) somente 489.310 haviam sido entregues.

Leia também: Veja como fazer a declaração do Imposto de Renda 2021

Também nesta segunda, a Receita Federal vai liberar o pagamento do primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2021. Ao todo, 3,4 milhões de contribuintes serão contemplado neste considerado o maior lote já liberado pelo fisco.

O valor das restituições somam R$ 6 bilhões e devem ser depositados na conta indicada pelo contribuinte na declaração do IR 2021.

Neste primeiro lote, serão contemplados contribuintes com prioridade legal:

• Idosos;
• Portadores de deficiência física ou mental ou moléstia grave;
• Contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério;
• Quem entregou a declaração até o dia 28 de fevereiro.

Desde o ano passado, a quantidade de lotes foi reduzida de sete para cinco, e o início das devoluções passou de junho para maio. O pagamento de todas as restituições agora é concluído até setembro.

Veja o calendário das restituições

1.º lote: 31 de maio de 2021
2.º lote: 30 de junho de 2021
3.º lote: 30 de julho de 2021
4.º lote: 31 de agosto de 2021
5.º lote: 30 de setembro de 2021

Como é feito o pagamento

O crédito será depositado na conta bancária informada na declaração do imposto. Caso haja algum erro na informação e os valores não possam ser depositados automaticamente, os recursos ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

De acordo com a Receita, cerca de 390 mil contribuintes ainda não receberam a sua restituição de 2020 em razão de pendências em suas contas bancárias.

Após um ano, se o resgate não for realizado no BB o contribuinte precisará buscar o próprio Fisco. O prazo para pedido de pagamento de restituição é de cinco anos.

Se o dinheiro não cair na conta?

Neste caso, o contribuinte pode reagendar o crédito dos valores de forma simples e rápida pelo Portal BB, acessando este endereço, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Se o dinheiro não cair?

Caso uma ou mais inconsistências sejam encontradas na declaração, basta enviar uma declaração retificadora, corrigindo as pendências.

Casal pode dividir despesas com filho na declaração de IR 2021?

As restituições de declarações que apresentam inconsistência (em situação de malha) são liberadas apenas depois de corrigidas pelo cidadão.

Quem perder o prazo estará sujeito ao pagamento de multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido.

*Com informações do Portal R7

Últimas