Folha Vitória Jovem de 21 anos é agredida pelo companheiro e pela sogra na Serra

Jovem de 21 anos é agredida pelo companheiro e pela sogra na Serra

No momento em que os policiais chegaram ao local do crime, encontraram a vítima no meio da rua com um bebê de 11 meses no colo

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um caso de agressão à mulher foi registrado na região de Nova Almeida, na Serra. Uma mulher de 21 anos foi agredida pelo companheiro e pela sogra. O crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (16) por volta de 1h.

De acordo com informações da polícia, uma vítima teria acionado o Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes) na madrugada dizendo que estava sendo espancada dentro de casa. Mas antes de terminar de falar, a ligação foi interrompida. Mesmo assim, a polícia foi até o local.

No momento que os policiais chegaram ao local da denúncia, encontraram a vítima no meio da rua com um bebê de 11 meses no colo. Ela contou para a polícia que o companheiro, um homem de 29 anos, a agrediu com socos e chutes, e a mãe dele, de 56, a agrediu com um pedaço de madeira. De acordo com a polícia, a mulher estava com um machucado no olho esquerdo e na testa.

Os policiais foram até a residência da vítima e encontraram os agressores no local. Mãe e filho não demonstraram resistência e ambos foram encaminhados ao Plantão Especializado da Mulher, em Vitória.

A mulher, de 21 anos, disse que estava com enjoo, tontura e dores. Ela foi encaminhada para a Upa de Castelândia, na Serra, onde foi internada. De acordo com a equipe médica que atendeu a vítima, ela precisou ficar em observação por cerca de oito horas.

Os vizinhos não quiseram gravar entrevista, mas disseram que a casa onde a vítima mora é alugada e que ela estaria no local há pouco tempo. Na madrugada, os vizinhos chegaram a ouvir alguns sons, mas não imaginavam que se tratava de uma mulher sendo agredida.

Mãe e filho foram autuados em flagrante pelo crime de lesão corporal pela Lei Maria da Penha. Uma fiança foi definida, mas não foi paga. Sendo assim, os dois foram encaminhados ao Centro de Triagem de Viana.

* Com informações do repórter Vitor Moreno, da TV Vitória/Record TV

Últimas