Folha Vitória Jovem de 23 anos é morto após esbarrão durante festa clandestina em Cariacica

Jovem de 23 anos é morto após esbarrão durante festa clandestina em Cariacica

O crime aconteceu no bairro Prolar, durante uma festa clandestina; a esposa do rapaz está grávida de 8 meses

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um açougueiro de 23 anos foi morto após um desentendimento no bairro Prolar, em Cariacica. Segundo a polícia, Luiz Fernando Matias Coutinho estava em uma festa clandestina, na noite de domingo (27), quando foi assassinado. O motivo teria sido um esbarrão. 

A família do rapaz esteve no Departamento Médico Legal de Vitória (DML) nesta segunda-feira (28). Eles não quiseram gravar entrevista, mas contaram à equipe de reportagem da TV Vitória/Record TV que ele gostava de frequentar festas clandestinas e bailes do mandela.

Familiares contaram ainda que a esposa do jovem está grávida de oito meses. Ele havia acabado de comprar uma moto e além de trabalhar em um supermercado, também trabalhava vendendo churrasquinho a noite para pagar a motocicleta. 

Após se envolver em uma confusão e ser baleado, Luiz Fernando foi socorrido pelo avô, que foi a primeira pessoa a chegar no local do crime. Ele foi levado com vida para um hospital do município, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo horas depois. 

Em nota, a Polícia Civil informou que o fato será investigado por meio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) Cariacica e, até o momento, nenhum suspeito de cometer o crime foi detido. Para que a apuração seja preservada, nenhuma outra informação será repassada.

A PCES destaca que a população pode auxiliar na investigação por meio do telefone 181. O Disque-Denúncia é uma ferramenta segura, onde não é necessário se identificar para denunciar. Todas as informações recebidas são investigadas.

Com informações da repórter da TV Vitória/Record TV, Marla Bermurdes. 

Últimas