Folha Vitória Jovem é assassinado a tiros quando chegava em casa no município de Vila Velha

Jovem é assassinado a tiros quando chegava em casa no município de Vila Velha

Populares viram o momento em que os atiradores correram atrás da vítima; para a polícia, o crime está relacionado com o tráfico de drogas

Folha Vitória
Foto: TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um jovem de 27 anos foi morto a tiros no bairro Cidade da Barra, em Vila Velha. Moradores da região viram o momento em que os atiradores correram atrás do rapaz. A polícia afirma que o crime está relacionado com o tráfico de drogas.

A vítima foi identificada como Rafael Rodrigues Martins, de 27 anos. De acordo com informações da polícia, ele foi morto a tiros na tarde desta quarta-feira (07) quando chegava em casa. ´

Testemunhas contaram para a polícia que viram o momento em que o jovem foi perseguido na rua por dois homens armados. Porém, enquanto corria, Rafael foi atingido por um tiro na barriga.

Policiais informaram que o jovem chegou a ser socorrido por populares para um hospital de Vila Velha mas não resistiu aos ferimentos e morreu. A motivação do crime será investigada pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

A polícia adiantou que o assassinato pode ter relação com a guerra do tráfico de drogas. Familiares do rapaz contaram que ele teria desistido de fazer parte de uma associação criminosa e por isso foi morto.

Segundo informações da Secretaria Estadual de Justiça (Sejus), Rafael foi preso e condenado por roubo em 2018. Ele participou de um assalto ao dono de um supermercado no bairro Riviera da Barra, em Vila Velha em 2015. 

Na época, com a ajuda de um comparsa que era funcionário do supermercado, Rafael roubou R$ 7 mil, um carro de luxo. Além disso, eles sequestraram o dono do estabelecimento. O jovem ficou preso por mais de um ano e foi solto em novembro de 2019.

O corpo de Rafael foi levado para Departamento Médico Legal (DLM) de Vitória. A Polícia Civil informou que o fato será investigado por meio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa de Vila Velha. Até o momento, nenhum suspeito de cometer o crime foi preso.

* Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/RecordTV

Últimas