Folha Vitória Jovem é preso suspeito de esconder drogas e armas dentro de casa em Vitória

Jovem é preso suspeito de esconder drogas e armas dentro de casa em Vitória

Para a polícia, o jovem informou que estava desempregado e permitia que os traficantes da região escondessem armas e drogas na casa

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um patrulhamento realizado na terça-feira (23), por policiais da Força Tática, no bairro Santos Dumont, em Vitória, terminou com a prisão de um homem, além de apreensão de armas, munições com carregadores, drogas e rádio comunicadores. 

Segundo a polícia, durante o patrulhamento quatro pessoas que estavam  traficando na escadaria do bairro avistaram os policiais e fugiram do local,  jogando as drogas na varanda de uma residência.

"Eles jogaram uma sacola na varanda de uma residência e não conseguimos alcançar os suspeitos, mas um dos patrulheiros conseguiu ver pela janela da casa uma arma calibre 12", explicou o Sargento Ediney. 

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A residência estava vazia e com as portas abertas. Diante disso, os policiais entraram e, em seguida, um homem chegou se identificando como o proprietário da casa. 

 "Questionamos sobre a arma e ele não soube responder, mas depois confessou que a residência é usada para pessoas se esconderem e guardarem armamento pesado", disse o Sargento. 

Para a polícia, ele explicou que estava desempregado e emprestava a residência para que traficantes da região escondessem drogas e armas. Segundo os militares, o rapaz não tem passagem pela Justiça. 

Em nota, a Polícia Civil informou que o suspeito de 29 anos foi conduzido à Delegacia Regional de Vitória, autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e liberado para responder em liberdade, após o recolhimento da fiança arbitrada pelo delegado de plantão. 

A arma apreendida será encaminhada para o setor do Departamento de Criminalística - Balística, juntamente com as munições. 

As drogas foram encaminhadas para o Laboratório de Química Legal, do Departamento Médico Legal da Polícia Civil, para serem analisadas e incineradas.

*Com informações da repórter Gabriela Valdetaro, da TV Vitória/Record TV

Últimas