Folha Vitória Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de matar capoeirista em Itaúnas

Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de matar capoeirista em Itaúnas

Dias após o crime o suspeito foi até a delegacia e confessou ter matado o capoeirista, mas foi liberado em seguida

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Nesta terça-feira (29) foi anunciada a prisão do suspeito de matar o capoeirista Cuarassy Medeiros Del Nery, de 39 anos. Ele foi morto no dia 18 de dezembro no balneário de Itaúnas, em Conceição da Barra, região norte do Espírito Santo.

O suspeito já havia se apresentado à polícia um dia após o crime. Na ocasião, ele foi à delegacia acompanhado de um advogado, confessou o assassinato e  disse que matou o capoeirista porque o rapaz teria quebrado um copo nele. 

Como o suspeito não foi encontrado em flagrante, ele foi ouvido e liberado. Porém, dias após o crime, a Justiça determinou sua prisão preventiva. 

De acordo com o delegado titular da Delegacia de Polícia de Conceição da Barra, Alysson Pereira Pequeno, após decretada a prisão, o Serviço de Inteligência passou a monitorar o suspeito, o qual foi capturado no município de Linhares. Ao ser detido, ele foi encaminhado para a 18º Delegacia Regional e, posteriormente, para o CDP de São Mateus.

Ainda de acordo com o delegado, o inquérito está em fase de conclusão e deve ser encerrado nos próximos dias. No vídeo abaixo, gravado por testemunhas, é possível notar a discussão entre a vítima e o suspeito minutos antes do crime.

O homem apontado pela polícia como o autor dos disparos está de camisa branca e a vítima, Cuarassy, é o homem sem camisa. Os dois discutem e a vítima agride o suspeito, que corre para dentro de uma pousada. Em seguida, é possível ouvir os disparos. O capoeirista morreu no local.

* Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/Record TV.

Últimas