Folha Vitória Justiça determina que filhos de Flordelis fiquem em prisões separadas

Justiça determina que filhos de Flordelis fiquem em prisões separadas

A decisão atende ao pedido do advogado da vítima que diz que durante o processo houve indícios de “tentativa de manipulação de provas”

Folha Vitória
Foto: FERNANDO FRAZÃO/AGÊNCIA BRASIL
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Na última quinta-feira (3), a juíza da 3ª Vara Criminal de Niterói, Nearis dos Santos Carvalho Arce determinou, que os filhos da deputada Flordelis, suspeitos de participação na morte do pastor Anderson do Carmo, fiquem em prisões separadas. 

Entre os presos, cinco são filhos de Flordelis, entre afetivos e biológicos. Outros dois, Flávio e Lucas, já estavam detidos por serem, respectivamente, o autor do disparo e por comprar a arma do crime. A determinação é que todos fiquem separados e sem contato.

A decisão atende a um pedido do advogado Ângelo Máximo que representa o pai da vítima. Máximo diz que durante o processo houve indícios de “tentativa de manipulação de provas”. 

A deputada Flordelis foi denunciada pela morte do pastor Anderson. A acusação é de que ela teria sido a mandante do crime que ocorreu em junho do ano passado. No entanto, ela não pode ser presa por conta da imunidade parlamentar.

A Câmera dos Deputados analisa o caso para determinar se Flordelis perderá o cargo. Ela já estava sendo investigada por esquema de rachadinha em seu gabinete em Brasília e nepotismo. Caso ela perca o mandato, ela poderá responder pelo crime na prisão.

Com informações do portal R7

Últimas