Folha Vitória Justiça vai decidir se goleiro Bruno pode voltar a viver no RJ

Justiça vai decidir se goleiro Bruno pode voltar a viver no RJ

O ex-jogador do Flamengo foi condenado em 2013 pela morte de Elisa Samudio, e precisará apresentar comprovante de trabalho e de residência atualizado

Folha Vitória
Foto: Portal R7
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma juíza da Vara Única de Arraial do Cabo (RJ) determinou que Bruno Fernandes de Souza apresente comprovante de residência atualizado no município e comprovante de trabalho, ou da possibilidade de trabalhar imediatamente na própria cidade.

O ex-jogador do Flamengo foi condenado em 2013 por ser mandante da morte de Elisa Samudio, num crime que envolveu sequestro e ocultação do cadáver da vítima que, até hoje, não foi encontrado.

Após alguns anos, Bruno conseguiu reduzir a pena para 20 anos e 9 meses e, atualmente, cumpre pena no Estado do Acre, onde joga no Rio Branco Futebol Clube.

Com o fim do contrato, ele agora quer voltar para a cidade da Região dos Lagos, onde residia antes de ser preso.

No pedido, a defesa de Bruno afirmou que o Ministério Público da Comarca do Acre manifestou-se favoravelmente ao pleito, contudo, determinou que fosse feita uma consulta à Comarca de Arraial do Cabo.

Com informações do Portal R7 

Últimas