Folha Vitória Litro da gasolina já é vendido a R$ 5,89 na Grande Vitória

Litro da gasolina já é vendido a R$ 5,89 na Grande Vitória

Em um posto da capital, o valor da gasolina aditivada já alcançou o valor de R$ 6,09

Folha Vitória
Foto: Reprodução/TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Andar de carro na Grande Vitória está ficando cada vez mais caro. De janeiro até o início deste mês de março, o preço subiu pela sexta vez, acumulando 54% de reajuste. O novo aumento é de 8,8%, isso representa 0,23 centavos a mais no litro da gasolina nas refinarias, que passa a custar R$ 2,84.

Com o transporte, a mistura com álcool anidro, os custos de produção, os impostos estaduais, até chegar na bomba, o preço já é quase o dobro. O preço médio da gasolina no estado segundo a Secretaria da Fazenda (Sefaz) é de R$ 5,53.

O motorista de aplicativo, Brian William de Freitas, está na profissão há cerca de 2 anos. Ele conta que abastece o carro duas vezes por dia, sempre com R$ 50 reais. Antes, cada parada no posto rendia 12 litros no tanque. Agora, o mesmo valor só dá para 9 litros do combustível.

"A gente está abastecendo menos com o mesmo valor que abastecíamos anteriormente. Com o período da pandemia e demanda de corridas bem defasadas está muito difícil trabalhar", confessou Brian. 

Ele ainda conta que tem horas que a vontade é desistir. "Foram seis aumentos só esse ano, pegou a gente de supressa. Porque às vezes a gente acaba pagando para estar nas ruas trabalhando", disse. 

Em um posto localizado no bairro Jardim Camburi, em Vitória, a gasolina comum estava sendo vendida a R$ 5,89. No mesmo posto, a gasolina aditivada já é vendida a R$ 6,09. Só em 2021, a gasolina subiu 54% nas refinarias. O óleo diesel também subiu 5% nesta terça-feira (9), apesar da isenção de IPI e Cofins. 

O Sindipostos informou que o combustível é adquirido da distribuidora, não da refinaria, e que o impacto desses aumentos ao consumidor final depende de diversos fatores, incluindo estoques e estratégias de concorrência das distribuidoras e dos postos de combustível.

Com informações do repórter Alex Pandini da TV Vitória/Record TV. 

Últimas