Folha Vitória Lives celebram os 30 anos do Parque Estadual Pedra Azul

Lives celebram os 30 anos do Parque Estadual Pedra Azul

Nesta quarta-feira (06), a partir das 18 horas, será realizada a live com o tema “Causos e histórias dos 30 anos do Parque Pedra Azul”, com o guarda florestal José Bellon

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O Parque Estadual Pedra Azul, em Domingos Martins, comemorou 30 anos no último domingo (03). Para celebrar o aniversário da Unidade de Conservação (UC), que contém um dos cartões postais mais bonitos do Espírito Santo, serão realizadas duas lives, durante esta semana, no Instagram ,perfil do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) e dos demais órgãos do Sistema de Meio Ambiente do Governo do Estado.

Nesta quarta-feira (06), a partir das 18 horas, será realizada a live com o tema “Causos e histórias dos 30 anos do Parque Pedra Azul”, com o guarda florestal José Bellon, conhecido popularmente como “Guarda Belo”. Ele trabalha desde 1985 na Pedra Azul e vai bater um papo com o gestor do parque, Rodolpho Torezani, e contar os “causos” que encantam os turistas que passam por lá.

Já na quinta-feira (07), é a vez de lançar a versão digital do livro “Preservando nosso quintal”, escrito por Lauro Narciso, com apoio do servidor do Iema que atua no parque, Leonardo Brioschi. A obra trata da biodiversidade da UC e da importância de preservá-la e, em breve, será distribuída, em versão impressa, para a comunidade do entorno.

A área onde está o conjunto rochoso de Pedra Azul, devido à beleza cênica e biodiversidade, além da ameaça de quase ter sido minerada para a construção da BR-262, foi declarada pelo decreto nº 312, de 31 de outubro de 1960, como Reserva Florestal de Pedra Azul, tornando-se uma área protegida. Em 1991, foi nomeada para Parque Estadual Pedra Azul.

Esse é um dos Parques mais visitados no Estado, principalmente no período de inverno, quando os visitantes vão em busca do clima frio e das belíssimas paisagens das montanhas. Durante o período de pandemia, as visitas são realizadas em dois turnos, de 50 visitantes cada, das 8h às 11h e de 13h às 16h. É necessário agendamento prévio pelo e-mail agendamento.pepaz@gmail.com. O interessado deve enviar nome, CPF, data e turno que deseja visitar o parque. É possível agendar até seis pessoas por e-mail.

O Parque funciona, normalmente, de terça-feira a domingo, e seu funcionamento pode ser alterado em função do Mapa de Gestão de Risco da Covid-19. Por isso, antes de visitá-lo, é sempre importante conferir se Domingos Martins não se encontra em Risco Alto.

Últimas