Folha Vitória Má digestão? Saiba quando é necessário buscar ajuda médica

Má digestão? Saiba quando é necessário buscar ajuda médica

Gastroenterologista explica qual a hora certa de procurar atendimento hospitalar durante uma ocorrência de má digestão

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A má digestão normalmente é decorrente de dietas ricas em gorduras, frituras e alimentos condimentados. Como esses tipos de alimentos são digeridos lentamente e passam muito tempo no estômago, trazem aquela sensação de peso, inchaço, podendo causar azia, gases e até mesmo vômitos.

Alexandre Sakano, gastroenterologista da BP (A Beneficência Portuguesa de São Paulo), explica que os sintomas da má digestão variam de pessoa para pessoa, mas é certo que ela ocasionará as sensações de desconforto, barriga estufada, enjoos, náuseas e até diarreia. "Há graus muito variados de indisposição e geralmente esses sintomas aparecem quando a pessoa exagerou e comeu muito ou comeu algo diferente. Essas ocorrências são normais e geralmente duram um dia", afirma o médico.

Quando esse desconforto precisa ser visto como algo que preocupa? O gastroenterologista aconselha a procurar um profissional quando os sintomas se tornam persistentes e recorrentes. "Se o indivíduo se sente mal sempre que se alimenta e percebe que a comida está voltando, que o intestino fica muito solto ou muito preso e até mesmo detecta a presença de sangue ou muco nas fezes é a hora de procurar um especialista", orienta Alexandre.

O ideal é não esperar para consultar um médico somente quando os sintomas persistirem muito. "O correto é buscar assistência médica logo que os indícios de má digestão aparecerem com uma frequência maior que oito vezes ao longo de trinta dias", conclui o médico.

Últimas