Folha Vitória Mãe de Chay, Herica Godoy expõe relacionamento abusivo e lança rede de apoio

Mãe de Chay, Herica Godoy expõe relacionamento abusivo e lança rede de apoio

Empresária que mora em Vitória vai investir em nova rede feminina para trabalhar com potencial empreendedor de mulheres pelo Brasil todo: "Assumir a nossa força"

Folha Vitória
Foto: Reprodução/Instagram @hericagodoy
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Herica Godoy vai lançar, em breve, a Rede Fortalecimento Feminino, projeto voltado para mulheres que vai promover palestras e outras ações para discutir de mercado de trabalho até comportamento.

Com exclusividade à Coluna Pedro Permuy, a mãe do ator Chay Suede revela que até relacionamento abusivo ela já viveu com ex no passado e que toda sua experiência de vida é que a levou a querer investir na nova empreitada. 

“Eu vivi o que muita mulher vive, infelizmente. Vivi um relacionamento abusivo, de aceitar coisas inaceitáveis, e eu consegui me fortalecer e entender toda a potência que nós, mulheres, temos. E acho que é isso que todas nós precisamos, de entender nosso potencial e assumir essa capacidade”, confidencia.

Conforme publicado nesta quinta-feira (21) pelo Folha Vitória, o primeiro encontro do grupo de Herica está marcado para acontecer no dia 16 de janeiro no Auditório do Centro Católico de Estudos do Espírito Santo (Cecates), em Vitória.

“A Rede Fortalecimento Feminino nasceu de uma vontade que eu já tinha de muito tempo de trabalhar com o público feminino. Eu já tinha o público e tinha esse fio condutor planejado, que é falar de comportamento das mulheres e para as mulheres. Há uns três meses coloquei no papel toda a ideia e vai nascer”, fala. 

“A intenção da rede é fortalecer e cuidar da alma da mulher. Porque muitas militantes que batalham são feridas, precisam de acolhimento” - Herica Godoy

A capixaba lembra que o projeto da rede como um todo inclui outras ações, como seminários e programações que duram até um dia inteiro (como será o primeiro encontro, em janeiro). E adianta: “Em dezembro vou fazer uma ação dentro do presídio feminino do Espírito Santo”.

LEIA TAMBÉM: Marcus Buaiz vira garoto-propaganda de banco de investimentos: "Tempo é dinheiro"

Segundo Herica, a proposta é levar uma palestra, que ela mesmo fará, além de uma dinâmica com psicólogo para discutir com as detentas. “Sempre tive vontade de fazer um trabalho com elas e agora vai acontecer”, comemora.

LEIA TAMBÉM: Ex-prostituta de luxo do ES vai tirar silicone e descobre nódulo na mama

A empresária conclui: “Muitas mulheres já me procuram hoje no direct, com mensagens… Abrem o coração mesmo, falam de coisas íntimas. E eu sinto que tenho uma credibilidade para falar com elas. E eu precisava só de um meio em que eu conseguisse falar com todas, que, agora, é a rede de fortalecimento que vamos lançar”. 

Últimas