Mãe é presa suspeita de assassinar filho deficiente de 10 anos

Vizinhos relataram que ouviram gritos da criança e barulhos de objetos sendo arrastados

Foto: Olga Freeman / Facebook
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Olga Freeman, de 40 anos,  foi presa no Reino Unido, na cidade de Londres, na Inglaterra, na manhã de domingo (16) por suspeita de matar o próprio filho, uma criança de 10 anos que precisava de cadeira de rodas para se locomover.

De acordo com o jornal O Dia, Olga se entregou em uma delegacia local poucas horas após o crime. Vizinhos relataram que ouviram gritos da criança e barulhos de objetos sendo arrastados na madrugada do domingo. “Foi um grito alto o suficiente para me acordar", afirmou Keith Grindrod em entrevista ao jornal britânico The Sun.

Ainda de acordo com O Dia, o corpo do garoto foi encontrado por policiais, mas as causas da morte dele não foram divulgadas até o momento. O pai do menino é o famoso fotógrafo de celebridades Dean Freeman, que estava na Rússia no momento do crime.

A mulher será encaminhada para julgamento nesta segunda-feira (17) e deve receber sentença pelo homicídio.