Folha Vitória Maioria dos assassinatos da Grande Vitória acontecem nos fins de semana

Maioria dos assassinatos da Grande Vitória acontecem nos fins de semana

De acordo com a secretária de Segurança Pública, foram registrados 280 mortes aos sábados e domingos de 2020

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Fim de semana é o momento em que muita gente aproveita para descansar, mas também são os dias preferidos para os criminosos agirem. Dados da Secretária de Segurança Pública mostram que 37% de todos os casos de assassinatos que acontecem aos sábados e domingos. 

Para o delegado Romualdo Gianordoli, esse fato não é apenas uma coincidência. O motivo estaria relacionado ao fato que, aos finais de semana, há menos policiais e pessoas nas ruas. "O setor produtivo não está nas ruas no fim de semana, não tem o movimento de pessoas. Tem apenas pessoas que às vezes são ligadas ao tráfico", explica. 

Segundo a polícia, a maioria dos assassinatos no Espirito Santo, cerca de 80%, estão ligados ao tráfico de drogas. Os outros são o que a polícia chama de motivos interpessoais, homicídios que acontecem em brigas de bar ou em festa. Nesses casos, também há o fator de que a maior parte dos eventos acontecem entre sexta-feira e domingo.

Em 2020, foram registrados 280 mortes aos sábados e domingos, quando a média das quartas-feiras, por exemplo, é de 83. Os números altos, de acordo com o delegado, também são reflexo da pandemia. "O começo da pandemia gerou uma redução do policiamento, para não disseminar o vírus. Isso já foi normalizado. Também houve um desequilibro entre oferta e demanda do tráfico, com menos dinheiro em circulação, tem mais gente querendo vender, mas não tem pessoas para consumir", contou. 

*Com informações da repórter Nathalia Munhão, da TV Vitória/Record TV. 

Últimas