Folha Vitória Mais de 18 mil vacinas contra covid-19 serão aplicadas neste fim de semana

Mais de 18 mil vacinas contra covid-19 serão aplicadas neste fim de semana

As prefeituras estão ofertando diferentes números de vagas, e horários de agendamentos

Folha Vitória
Foto: Cláudio Postay | Prefeitura de Cariacica
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Mais de 18 mil vagas para agendamento da vacina contra a covid-19 serão abertas nesta sexta-feira (09) em municípios da Grande Vitória. Viana, Vila Velha e Cariacica estão ofertando diferentes números de vagas, e horários de agendamentos.

Para ficar por dentro de todas as informações e agendar sua vacina, veja como vai funcionar o agendamento em cada município. 

Vila Velha abre 12.400 vagas

A partir das 15h, a Prefeitura de Vila Velha vai disponibilizar o agendamento para vacinação, por meio do site www.agenda.vilavelha.es.gov.br. Ao todo serão oferecidas 12.400 vagas para a primeira, segunda e terceira dose. 

Confira o esquema de agendamento: 

Terceira doso para imunossuprimidos

Imunossuprimidos, de qualquer idade,  podem tomar a terceira dose do imunizante, após 28 dias da aplicação da segunda dose de qualquer fabricante de vacina.

O paciente Imunossuprimido deverá apresentar documento comprobatório (original e cópia), de 2018 em diante, ou seja, dos últimos três anos, para condições permanentes e 90 dias para condições adquiridas e transitórias. Os serviços de vacinação ficam com a cópia. Os pacientes Imunossuprimidos são:

I - Imunodeficiência primária grave
II - Quimioterapia para câncer
III - Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas
(TCTH) em uso de drogas imunossupressoras.
IV - Pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 <200 céls/mm3
V - Uso de corticoides em doses ≥ 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias
VI - Uso de drogas modificadoras da resposta imune, conforme anexo único
VII - Pacientes em hemodiálise
VIII- Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas
(reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

Terceira dose para 70+

Pessoas com 70 anos ou mais, que tomaram a segunda dose da vacina, de qualquer fabricante, há seis meses podem realizar o agendamento no site da prefeitura. 

Primeira e segunda dose

Há também vagas  para primeira e segunda doses. A primeira dose é para o público de 18 anos ( 2.000 vagas) ou mais e para as gestante (40 vagas)  e puérperas. Já a segunda dose será destinada às pessoas que tomaram a primeira dose da Pfizer há 70 (6.180 vagas) dias e Coronavac há 28 dias (1.400 vagas).

Viana promove Domingo da Vacinação

A Prefeitura de Viana já está com o agendamento aberto para o Domingo da vacinação (12). Para quem busca proteção contra a covid-19, 6.640 vagas podem ser preenchidas por meio do site vacinaeconfia.es.gov.br

Já o agendamento para a meia dose, do Estudo Viana Vacinada, deve ser realizado pelo site vianavacinada.saude.es.gov.br. Para se vacinar, é necessário levar o cartão da família ou o comprovante de residência e o comprovante de vacina da primeira dose

Para quem precisa completar a imunização com a segunda dose, seja a meia dose ou a dose padrão há as vacinas da AstraZeneca, da Pfizer e da CoronaVac disponíveis:

AstraZeneca: serão 600 doses para a dose padrão e 300 para a meia dose. O intervalo mínimo é de 84 dias, da primeira para a segunda aplicação.
Pfizer: 1,5 mil doses. O período da primeira para a segunda aplicação é o mesmo que o da AstraZeneca, 84 dias.
CoronaVac: 3.240 doses. O intervalo é de 28 dias.

Dose de reforço

A dose de reforço, será especifica para os idosos a partir de 70 anos, que tenham tomado a segunda dose há mais de seis meses. Para esse agendamento, serão disponibilizadas mil vagas. A secretária de saúde ressalta que os casos de pessoas que são acamadas ou que possuem dificuldade motora, as vacinas serão aplicadas em domicílio.

Cariacica segue com agendamento aberto

A Prefeitura de Cariacica  está com agendamento aberto para a dose de reforço para os imunossuprimidos que receberam a segunda dose de qualquer vacina há 28 dias ou mais. O agendamento por meio do site: vacinaeconfia.es.gov.br.

Para receber o imunizante, é necessário documento de identificação com foto,  laudo médico ou declaração do enfermeiro que ateste a imunossupressão datado dos últimos três anos (2018) para condições permanentes e 90 dias para condições adquiridas e transitórias. 

Com o sistema de prontuário eletrônico, as Unidades de Saúde Básica consegue acesso aos dados do paciente para  emitir uma declaração da imunossupressão existente. Todas as unidades de saúde estão aptas a fazer esse atendimento para fornecer o laudo.

Os munícipes com imunossupressão que já foram atendidos nas 29 Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município podem ser dirigir a qualquer uma delas para receber o laudo atualizado.  Confira a lista abaixo:

Imunodeficiência primária grave

Quimioterapia para câncer
Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras
Pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 <200 céls/mm3
Uso de corticoides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias
Uso de drogas modificadoras da resposta imune (confira lista abaixo)

Pacientes em hemodiálise

Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, autoinflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).
Drogas modificadoras da resposta imune:
Metotrexato;
Leflunomida;
Micofenolato de mofetila;
Azatiprina;
Ciclofosfamida;
Ciclosporina;
Tacrolimus;
Mercaptopurina;
Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, Secukinumabe, ustekinumabe);
Inibidores da JAK (Tofacitinibe, baracitinibe e Upadacitinibe).

>>Leia também: Um a cada três brasileiros estão com vacinação completa contra a covid-19

Últimas