Folha Vitória Mais de 200 mil doses de vacina do ES foram aplicadas em pessoas de outros Estados

Mais de 200 mil doses de vacina do ES foram aplicadas em pessoas de outros Estados

O Estado com maior número de habitantes vacinados aqui no Espírito Santo foi Minas Gerais, com 78.964 pessoas vacinadas, sendo 54.376 com a primeira dose e 24.332 com a segunda

Folha Vitória
Foto: Reprodução / Painel de Vacinação ES
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Do Oiapoque ao Chuí, de acordo com o Painel de Vacinação do Governo do Espírito Santo, 235.010 doses de vacina contra a covid-19 foram aplicadas em pessoas que moram em outro Estados do País. No total foram 161.297 primeiras doses e 72.879 segundas doses aplicadas.

O Estado com maior número de habitantes vacinados aqui no Espírito Santo foi Minas Gerais. Ao todo, segundo dados do Painel, são 78.964 pessoas vacinadas, sendo 54.376 com a primeira dose e 24.332 com a segunda. 

Ainda de acordo com o Painel, as vacinas chegaram aos 26 Estados brasileiros. Veja abaixo a lista com os 5 Estados que tiveram os maiores números de doses aplicadas: 

1º Minas Gerais: 78.964 vacinados - D1 54.376 | D2 24.332 

2º Rio de Janeiro: 48.278 vacinados - D1 30.449 | D2 17.541

3º Bahia: 45.870 vacinados - D1 34.455 | D2 11.351 

4º São Paulo: 21.663 vacinados - D1 14.422 | D2 7.154 

5º Paraná: 3.912 vacinados- D1 2.592 | D2 1.304 

Pelo menos 60 mil doses podem ter sido aplicadas em turistas, diz subsecretário

A reportagem do jornal online Folha Vitória procurou a Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) para saber se todos os vacinados eram, de fato, turistas que vieram ao Estado para se vacinar. 

De acordo com a Sesa, parte dos vacinados pode sim ter vindo do seu Estado de origem para se vacinar, mas não são todos os casos. Parte dos imunizados, na verdade, são moradores do Espírito Santo, mas têm documentos expedidos em outros Estados. 

"Uma parte da apuração das vacinas é feita pelo cartão SUS do indivíduo, então ele puxa a procedência de onde ele foi produzido, de onde a pessoa deu o endereço. A gente sabe que muita gente vem de outros Estados e mora aqui. Então esse número que aparece diz respeito ao cartão SUS da pessoa, mas não necessariamente ela mora em outro Estado", disse o subsecretário estadual de saúde, Luiz Carlos Reblin. 

Reblin explicou ainda que não é possível determinar o quantitativo de cada um dos públicos, mas é possível estimar o número correspondente aos turistas. 

"A gente estima que algo em torno de 60 mil pessoas de outros Estados tomaram vacina aqui, assim como a gente ainda não sabe, mas muitos capixabas podem ter tomado a vacina em outros Estados. 

Secretaria Estadual de Saúde já estava monitoranto o "turismo de vacina"

No início do mês de agosto, em uma entrevista coletiva, o secretário estadual de saúde, Nésio Fernandes havia citado a possibilidades de que nem todas as pessoas com esquema vacinal incompleto seriam capixabas.

Na ocasião, pelo menos 60 mil pessoas ainda precisavam receber a segunda dose de vacina contra covid-19 no Espírito Santo. 

"Estamos realizando neste momento um cruzamento com o banco de dados do Ministério da Saúde, pois acreditamos que parte desse absenteísmo da segunda dose pode ser referente aos turistas da vacina", disse o secretário.

Doses seriam revertidas, disse secretário

Diante da possibilidade, Nésio afirmou que as segundas doses reservadas para esses possíveis turistas que iniciaram a imunização no Estado poderiam ser revertidas em primeira dose para capixabas

"Estamos fazendo esse levantamento para garantir que, caso essa população já tenha completado seu esquema em outro estado, nós possamos disponibilizar essas vacinas para o início da vacinação com D1", concluiu. 

Últimas