Folha Vitória Mais de 380 motociclistas foram flagrados empinando moto no ES neste ano

Mais de 380 motociclistas foram flagrados empinando moto no ES neste ano

O Código de Trânsito Brasileiro considera que a condução de moto com malabarismo ou equiparando com apenas uma roda é uma infração gravíssima

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma manobra arriscada e perigosa que pode provocar graves acidentes. De acordo com dados do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES), mais de 300 pessoas foram flagradas empinando moto no Estado. 

Em julho, um motociclista que praticava a manobra proibida, conhecida como "grau", atropelou um homem. Fábio Fortunado, de 41 anos, ficou gravemente ferido. O acidente aconteceu no bairro São Pedro, em Vitória.

Após o acidente, o homem ficou em coma. Fábio morreu no dia 10 de outubro, depois de ficar quatro meses internado. Para a família, ficou a lembrança do rapaz alegre, trabalhador e cheio de sonhos.

Fábio deixou dois filhos, de 10 e 18 anos. A mãe da vítima, Consuelita Fernandes Madeira, disse que não quer que a morte do filho fique impune.

"A gente queria que as autoridades tivessem piedade da gente e levasse esse caso em diante para que essa pessoa que fez isso com ele pague de alguma maneira", desabafou. 

A família de Fábio está revoltada com o desrespeito. O irmão da vítima, André Fortunato, contou que, mesmo após o acidente, motociclistas continuam fazendo a manobra próximo a casa da família.

"As pessoas ainda estão empinando as motos, já empinaram a moto na frente da casa da minha mãe. Eu espero que o meu irmão se torne mais uma estatística", disse.

O artigo 244 do Código de Trânsito Brasileiro considera que a condução de moto com malabarismo ou equiparando com apenas uma roda é uma infração gravíssima. Segundo o Detran-ES, a pena prevista em lei é multa de cerca de R$ 300, suspensão do direito de dirigir e retenção do veículo.

LEIA TAMBÉM: 'Grau': aumenta número de manobra perigosa feita por motociclistas no ES

De acordo com dados do Detran-ES, de janeiro a setembro deste ano, foram registradas 385 infrações deste tipo de manobra no Espírito Santo. O número representa, em média, de mais de um caso por dia.

"Todas essas atrocidades só vão acabar quando a Justiça largar a capa da impunidade e vestir a armadura da própria Justiça", desabafou o irmão de Fábio. 

A Polícia Civil informou que um inquérito policial foi instaurado na Delegacia de Delitos de Trânsito para apurar o acidente envolvendo Fábio. A investigação segue em andamento.

*Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/Record TV.  

Últimas