Folha Vitória Mais de 3.900 toneladas de copos são descartadas por dia no país

Mais de 3.900 toneladas de copos são descartadas por dia no país

Copos descartáveis demoram até 400 anos para se decompor; alternativas sustentáveis como o copo reutilizável pode reduzir impacto em até 80%

Foto: Divulgação/DINO
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

De acordo com o Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana (SELURB), mais de 30 mil toneladas de resíduos plásticos são descartados por dia no país. Desse total, 3.900 toneladas são copos plásticos, o que equivale a aproximadamente 13% desses itens se tornando lixo diariamente. Isso faz com que o Brasil seja um dos grandes campeões quando o assunto é polímero, sendo o quarto maior produtor de lixo plástico do mundo.

Os copos plásticos demoram cerca de 400 anos para se decompor em contato com o ar atmosférico, segundo dados da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos (Abrelpe). Além disso, de acordo com o levantamento, o descarte impróprio pode acabar com os oceanos, sendo um dos principais responsáveis pela morte de diversas espécies marítimas, que confundem os resíduos plásticos com alimentos e acabam ingerindo-os.

Segundo o relatório da World Wide Fund for Nature (WWF), o volume de plástico que chega aos oceanos todos os anos é de aproximadamente 10 milhões de toneladas, o que equivale a 23 mil aviões Boeing 747 pousando nos mares e oceanos todos os anos – são mais de 60 por dia. E 85% dos animais que ingeriram lixo nos mares são espécies em risco de extinção. Também de acordo com o relatório, 50% de todos os animais pesquisados haviam ingerido algum tipo de plástico.

Para Marlos Almeida, sócio da Glück, marca americana que comercializa copos térmicos, “o impacto ambiental provocado pelo descarte de copos plásticos prejudica de forma demasiada o meio ambiente e isso torna as políticas de redução do uso extremamente necessárias e urgentes”.

Um levantamento feito pela Abrelpe calculou que o uso de copos reutilizáveis poderia reduzir o descarte de plástico em até 80%. Isso se deve ao fato de que cada copo não descartável pode ser lavado e usado novamente até quatro vezes e assim evitar o descarte desse número de copos. O uso de copos térmicos garante a redução de até 100% do descarte plástico, já que por ser feito de aço, não oferece risco de intoxicação por compostos químicos, é higiênico e dura para sempre.

Cada copo reutilizável evita, no mínimo, o uso de quatro descartáveis – por pessoa. Além disso, quando usados em eventos, podem diminuir em até 100% todos os resíduos descartáveis no final do dia.

Marlos Almeida comenta que o uso de copos reutilizáveis ainda não é popular o suficiente no Brasil para ter o impacto necessário na conservação ambiental. “Apenas uma pequena parcela da população tem essa consciência, do quanto o uso de plástico descartável é prejudicial ao longo dos anos para o meio ambiente e para os animais marinhos”.

A projeção do Atlas do Plástico, que calculou o impacto futuro do uso de plástico no Brasil e no mundo com base nos dados de descarte dos anos anteriores, é de que até o ano de 2032 mais 800 milhões de toneladas de plástico serão descartadas pelos brasileiros, se a média anual se manter. Ainda segundo o levantamento, no ranking dos maiores poluidores do oceano por plástico, o Brasil ocupa a 16ª posição. “Isso torna ainda mais necessário o início de campanhas e políticas públicas que mudem a consciência ambiental das pessoas”, finaliza o sócio da Glück.

Para saber mais, basta acessar: https://begluck.com.br/

Últimas