Folha Vitória Mais de 9,2 mil vagas de emprego foram criadas no ES em outubro, aponta Caged

Mais de 9,2 mil vagas de emprego foram criadas no ES em outubro, aponta Caged

Foi o quarto mês consecutivo de resultado positivo. No entanto, no acumulado do ano, o saldo ainda é negativo, de 2.528 postos de trabalho fechados

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Depois de ser atingido fortemente nos primeiros meses da pandemia do novo coronavírus, o mercado de trabalho formal do Espírito Santo registrou, em outubro, a abertura de 9.228 vagas, um recorde histórico. Foi o quarto mês consecutivo de resultado positivo, de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira (26), pelo Ministério da Economia.

O resultado representa um aumento de 1,28% na criação de novos postos de trabalho, na comparação com o mês anterior, quando foram criadas 6.982 vagas de emprego formal. Segundo o Caged, em outubro 30.981 admissões foram realizadas, enquanto 21.753 trabalhadores foram demitidos no estado. 

Apesar dos sucessivos bons resultados, nos últimos quatro meses, o saldo na criação de empregos no Espírito Santo ainda é negativo em 2020. No acumulado do ano, foram fechados 2.528 postos de trabalho. 

Somente no mês de abril, quando os casos de covid-19 estavam em pleno crescimento no país e as atividades econômicas sofriam com duras medidas restritivas, houve a perda de 19.097 vagas de emprego, já que muitas empresas tiveram de demitir funcionários e não tinham condições de realizar novas contratações. No mês seguinte, foram fechados mais 7.358 postos de trabalho.

Ainda sobre os dados de outubro, o setor que mais abriu vagas de emprego no Espírito Santo foi o do comércio, com 2.999 novos postos, seguido do de serviços (2.890), indústria geral (1.898) e construção (1.478).

Com relação aos municípios, a Serra foi o que mais abriu novas vagas de trabalho formal no Espírito Santo, no mês passado. Ao todo, foram criados 2.209 postos. Na sequência, aparece Vitória, com 1.293 novas vagas, e depois Vila Velha, com um saldo positivo de 873.

Brasil

Ainda de acordo com os dados do Caged, em todo o Brasil, foram abertas 394.989 vagas de emprego em outubro, um recorde histórico. No país, também foi o quarto mês consecutivo de resultado positivo.

Em setembro, a abertura de postos de trabalho somou 311.552. O resultado de outubro decorreu de 1,548 milhão de admissões e 1,153 milhão de demissões. Em outubro de 2019, houve a abertura de 70.852 vagas com carteira assinada.

O resultado do mês passado veio bem acima do projetado pelo mercado financeiro. O intervalo das estimativas de analistas consultados pelo Projeções Broadcast previa abertura líquida de vagas de 149.797 a 340.000. A mediana da pesquisa, de 213.329 vagas.

Acumulado ainda negativo

No acumulado do ano até outubro, o saldo do Caged no país ainda ficou negativo em 171.139 vagas.

Os piores meses no Caged foram março, com perda de 268.999 vagas, o fundo do poço de abril, com a destruição de 942.774 empregos formais, e maio, com a demissão líquida de 363.412 trabalhadores. Os dados dos meses anteriores foram atualizados nesta quinta-feira pela pasta.

Com informações do Estadão Conteúdo

Últimas