Folha Vitória Mais de mil unidades de drogas e cinco armas foram apreendidas em festas clandestinas

Mais de mil unidades de drogas e cinco armas foram apreendidas em festas clandestinas

Além de drogas e armas de fogo, cinco pessoas foram detidas em quatro festas clandestinas

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Durante o último fim de semana, a Polícia Militar realizou a apreensão de mais de mil unidades de drogas e quatro armas de fogo. As apreensões ocorreram em quatro festas clandestinas realizadas na Grande Vitória.

Além de todo o material ilícito apreendido, cinco pessoas também foram detidas durante a ação policial. Ao todo, as quatro festas mobilizaram mais de duas mil pessoas.

Uma dessas apreensões aconteceu em uma festa clandestina e uma casa de show na Praia de Itaparica, em Vila Velha. No bairro São Francisco, na Serra, a polícia acabou com outra festa e, desta vez, foram apreendidos 700 frascos de 'loló', 103 comprimidos de ecstasy, além de cocaína e maconha.

De acordo com o comandante do Policiamento Ostensivo Metropolitano, coronel Alessandro Juffo, não é qualquer tipo de festa na rua que é considerada como "baile do mandela", essa classificação segue uma série de requisitos.

"Classificamos como 'mandelas' aqueles eventos que são irregulares, sem autorização prévia, feitos em via pública com bloqueio de vias e normalmente com a presença de pessoas armadas e uso de drogas", explicou.

Ainda segundo o coronel, no mês de outubro, a Polícia Militar registrou 107 bailes clandestinos. Deste total, em 67 bailes houve algum tipo de intervenção da PM. A respeito do uso de força por parte da polícia, o comandante explica que a PM só vai agir de tal maneira em situações em que os militares sejam recebidos de maneira agressiva pelos participantes.

* Com informações da repórter Bianca Vailant, da TV Vitória/Record TV.

Últimas