Folha Vitória Mais Doce Verão: conheça mais duas participantes do reality

Mais Doce Verão: conheça mais duas participantes do reality

Com estreia marcada para o dia 20 de fevereiro, o reality, comandado por Alessandro Eller, terá 8 participantes, todas mulheres, e oito episódios recheados de emoção, disputas acirradas e muitas guloseimas

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Os nomes de mais duas participantes do reality gastronômico "Mais Doce Verão", da TV Vitória/Record TV, foram revelados nesta sexta-feira (22) no Instagram oficial do programa. 

Com estreia marcada para o dia 20 de fevereiro, o reality, comandado por Alessandro Eller, terá 8 participantes, todas mulheres, e oito episódios recheados de emoção, disputas acirradas e muitas guloseimas. 

Além de Letícia Borges e Isabelly Campos, já anunciadas na última quinta-feira (21), o programa também terá a participação de Camila Braga, de 41 anos. A competidora, que é casada e tem duas filhas, é moradora de Cariacica e sonha em ter o trabalho reconhecido.

Quem também vai brigar pelo título de melhor confeiteira do Espírito Santo é Ludmila Pires. Nascida em Nova Friburgo/RJ, mas moradora de Cariacica, ela tem certificação internacional e está realizando pós-graduação em Confeitaria e Panificação.  Aos 41 anos, a participante espera transformar a vida das pessoas através da confeitaria e entrou no Mais Doce Verão para se desafiar, conhecer outras confeiteiras e se divertir muito. 

Agora é aguardar para ver o que as quatro participantes anunciadas vão mostrar no reality gastronômico. 

MAIS DOCE VERÃO 

Entre as principais novidades da nova temporada está um estúdio completamente reformulado para o programa. Com ele, a disputa deve ser ainda mais interessante, já que as batalhas individuais vão ser uma constante ao longo do reality.

Nesta nova edição, segundo o chef e apresentador Alessandro Eller, as habilidades dos participantes vão ser exigidas ao máximo. Além disso, o fato das selecionadas serem de sete municípios do Espírito Santo, pode tornar a disputa ainda mais emocionante e com valorização da cultura regional.

Últimas