Medo de falar em público compromete carreiras e relacionamentos

Pessoas com glossofobia inventam desculpas e até doenças para evitar falar em público

Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Acreditar em si, conhecer virtudes pessoais e treinamentos ajudam a superar o medo. 

É comum encontrar ou conhecer pessoas que tem medo de falar em público. contudo, este problema pode gerar reflexos negativos como ocasionar problemas profissionais, prejudicando a carreira e também os de relacionamento pessoal. 

A boa notícia é que é possível utilizar esse medo como estímulo para enfrentar desafios. Também é importante lembrar que existem os casos mais graves, gerados por fobias profundas ou traumas necessitando de medicamentos específicos e tratamento feito por especialistas da medicina ou apoio terapêutico. 

Com essas exceções, todas as pessoas podem enfrentar esse medo que as impede de mostrarem seu real potencial, praticando com professores de oratória, usando técnicas específicas para a obtenção de resultados mais satisfatórios.

Conhecido como Glossofobia o medo de falar em público também recebe outras nomenclaturas como: ansiedade, fobia social e pânico. Suas reações mais comuns são: fugir da situação, arranjar uma desculpa, fingir estar doente só para não falar, ainda mais quando for diante de um público imenso, com palco, microfone, iluminação adequada, câmaras de vídeo e holofotes. Existem pessoas  que não aceitam falar em público de forma alguma, nem sequer na festa de aniversário com pessoas da própria família. 

Para mostrar como é possível vencer esse medo, o especialista em Comunicação Verbal, Reinaldo Passadori preparou oito dicas para auxiliar na superação:

1) Acredite em você mesmo, no seu imenso potencial. Mentalize-se tendo sucesso e sendo reconhecido pelo seu esforço de falar, sendo aplaudido pelo público e parabenizado pelo seu diretor ou superior imediato.

2) Conheça bem sobre o assunto que irá falar, saiba especialmente como iniciar; se necessário, tenha uma pequena anotação para alguma emergência, caso esqueça.

3) Aprenda a relaxar, fazendo exercícios de respiração, meditação, distensionando seus músculos, movimentando a cabeça, friccionando as mãos, mantendo uma postura firme e decidida.

4) Mesmo que esteja tenso, não demonstre, procure andar com passos firmes, sem exagero, olhe para as pessoas (nos olhos), posicione-se, cumprimente essas pessoas e comece a falar.

5) Acredite que as pessoas estão torcendo para o seu sucesso, querem ser surpreendidas com você, com seu conteúdo e desejam que você se saia bem e que tenha êxito.

6) Tenha uma estratégia bem preparada para iniciar. Exemplo é fazer algumas perguntas para quebrar o gelo, contar um fato que seja relacionado com o tema, apresentar o objetivo da sua apresentação, usar um pensamento, provérbio ou uma mensagem alusiva ao tema que irá abordar.

7) suas virtudes, apoie-se nelas, resgate momentos que teve coragem, firmeza para enfrentar situações difíceis na sua vida e procure trazer essas lembranças para esse momento. Talvez você se surpreenda como isso é poderoso.

8) Por último, treine muito; procure dar aulas, fale em reuniões, ouse dar a sua opinião, mesmo que seja simples, não importa; conte piadas no seu grupo de amigos, defenda seu ponto de vista, lute por uma causa.