Folha Vitória Menina de 10 anos atingida por bala perdida em creche está bem, diz família

Menina de 10 anos atingida por bala perdida em creche está bem, diz família

A criança estava na aula de educação física quando foi atingida de raspão. A menina foi levada para um hospital, medicada e passa bem

Folha Vitória
Foto: Reprodução/ WhatsApp
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A família da menina de 10 anos vítima de uma bala perdida em uma creche do bairro Jardim da Penha, em Vitória, contou que, apesar do susto, a criança passa bem. Segundo a polícia, o local de onde partiu o tiro ainda é desconhecido.

A menina foi baleada durante a aula de educação física, em uma instituição particular de educação, na tarde desta quinta-feira (09). De acordo com testemunhas, o disparo veio de fora da unidade.

Segundo a polícia, a menina estava jogando handebol na quadra da escola, quando avisou para o professor de uma dor na altura da virilha. Ele se aproximou e viu a bala no chão perto da criança. 

Ao perceber que ela poderia ter sido atingida pelo tiro, o professor acionou a direção da escola, que entrou em contanto com a família da criança. A menina foi levada pela mãe para um hospital.

A mãe contou que o tiro não perfurou o corpo da criança. A menina foi atingida de raspão. Ela não precisou passar por nenhum procedimento cirúrgico. Apenas foi medicada e, apesar do susto, passa bem.

As Polícias Militar e Civil foram acionadas para o caso

Para o comandante da 12ª Companhia Independente, Major Gustavo, o que se pode afirmar até o momento é que o disparo partiu de um lugar distante. "A única coisa possível de se afirmar neste momento é que não foi de uma região próxima", disse.

Os policiais explicaram que a criança foi atingida por volta das 14h40 da tarde. Pouco tempo depois, começaram a circular nas redes sociais mensagens de que o tiro teria vindo do bairro Andorinhas, em Vitória. 

No entanto, a polícia explicou que o tiroteio na região de Andorinhas foi registrado uma hora antes. Por isso, ainda não é possível afirmar de onde veio o disparo. 

O projétil encontrado na escola é de uma pistola calibre 380 e foi apreendido. Nesta sexta-feira (10), a creche funcionou normalmente. Procurada pela equipe de reportagem, a escola disse que não irá se manifestar sofre o ocorrido. 

A Polícia Civil informou que o plantão do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa realizou diligências ainda na tarde dessa quinta-feira, assim que tomou conhecimento do fato. A criança apresentava um ferimento superficial. O caso seguirá sob investigação para identificar a origem do projetil. Outros detalhes da investigação não serão divulgados para preservar a apuração dos fatos.

*Com informações da repórter Jessica Cardoso, da TV Vitória/Record TV. 

Últimas