Folha Vitória Menino de 13 anos que caiu de altura de três metros em creche abandonada continua internado

Menino de 13 anos que caiu de altura de três metros em creche abandonada continua internado

De acordo com moradores, o espaço da creche tem sido utilizado por usuários de drogas e usado como ponto de prostituição

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Continua internado o menino de 13 anos que caiu de uma altura de 3 metros em uma creche no bairro Nova Rosa da Penha 2, em Cariacica. Segundo familiares, o estado de saúde dele é estável. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (26) e chamou a atenção para o um problema antigo no bairro: o abandono da creche há pelo menos 10 anos.

Após o acidente, o menino foi levado para um hospital de Vila Velha e de acordo com a família, ele reclamava de dor na cabeça e no braço.

"Nós fomos acionados para uma ocorrência de um menino de 13 anos que caiu de uma telhado ao tentar buscar uma pipa. A equipe do resgate de Cariacica foi até o local, realizou o atendimento da vítima que apresentava uma fratura no braço. Esse braço foi imobilizado e a vítima foi transportada para o hospital infantil", explicou a tenente Andresa, do Corpo de Bombeiros.

No telhado da creche abandonada ficou o buraco que o menino caiu. Moradores disseram que crianças sobem no telhado quase que diariamente para brincar. Apesar do acidente, outro fato que preocupa a comunidade é a situação da creche que, segundo moradores, está desativada há 10 anos. Moradores também disseram que o lugar se transformou em ponto de usuário de drogas e prostituição.

Um homem, que preferiu não se identificar, contou que viu o momento da queda da criança e foi ele que chamou a ambulância.

"Eu fui dar uma olhada e tinha uma criança que estava em cima do telhado da creche abandonada e eu só ouvi o barulho da telhado quebrando e ela caindo no chão. Ele estava sentado reclamando de muita dor no braço e que tinha batido a cabeça. Eu liguei para o Corpo de Bombeiros e depois de uns 20 minutos eles vieram aqui fazer a remoção da criança".

A ocorrência com o menino, segundo moradores, reforçou a necessidade de uma solução, por parte da prefeitura, para resolver a situação desse problema antigo da creche.

"Nós queremos uma nova creche para as crianças, porque a comunidade precisa e muitas mães trabalham e precisam direcionar os filhos para a creche pois não possuem renda para pagar uma babá. Também precisamos de algo que seja da comunidade. Precisamos de uma capela mortuária, algo que não tem em Nova Rosa da Penha", afirmou o morador Paulo de Souza.

Para evitar este tipo de problema, os bombeiros deram algumas dicas:

- Não soltar pipa próximo a locais com fiações elétricas;
- Não se aventurar em buscar pipas em locais elevados;
- Não entrar em residências desconhecidas. Pode ser que tenha algum cachorro ou algum perigo no local;
- Não utilizar cerol nas linhas pois podem ocasionar acidentes fatais.

Por meio de nota, a Prefeitura de Cariacica informou que as obras do CMEI São João Batista, local do acidente, foram paralisadas pela gestão anterior. A retomada das obras será feita pela atual gestão que já encaminhou o projeto do Governo do Estado e aguarda liberação de recurso.

Ainda de acordo com a prefeitura, o local recebeu uma limpeza recentemente e foi todo isolado. Sobre a ocorrência com o menino e as invasões de pessoas no local, a Secretaria de Educação do município fará nova vistoria e isolará a área. A secretaria informou ainda que serão abertas 200 vagas para a Educação Infantil assim que o CMEI for inaugurado.

* Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/RecordTV

Últimas