Folha Vitória Michelle Pfeiffer, trilha sonora e modelo de educador: os motivos para assistir Mentes Perigosas

Michelle Pfeiffer, trilha sonora e modelo de educador: os motivos para assistir Mentes Perigosas

Na obra, Michelle Pfeiffer interpreta LouAnne Johnson, uma ex-oficial da marinha que abandona a vida militar para ser professora de inglês

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Quando chegou às telas de cinema, em 1995, "Mentes Perigosas", filme dirigido por John N. Smith, e baseado em uma obra literária, foi visto apenas como mais um palco para a carreira de Michelle Pfeiffer. Outro fator que fez com que a obra não fosse um grande sucesso de bilheteria imediatamente foi o fato de desenvolver uma premissa muitas vezes já retratada na história do cinema: o educador que tenta mudar um grupo de alunos rebeldes. Mas esse filme tem um grande diferencial:  o protagonismo de uma mulher.

Na obra, Michelle Pfeiffer interpreta LouAnne Johnson, uma ex-oficial da Marinha que abandona a vida militar para ser professora de inglês. Mas, entre tantas barreiras da profissão, tem que lidar com um grupo de alunos de uma comunidade periférica, formado em sua maioria por negros e latinos. Dessa forma, aposta em métodos originais para conquistar a turma, como aulas de karatê, recitais de poesia e músicas de Bob Dylan.

Mesmo atuando em um caldeirão de tensões, devastado pela tríade tráfico de drogas, pobreza e violência, a professora não desiste e, ao longo dos seus 99 minutos de duração, o filme fisga o espectador com o empenho da profissional em mediar conflitos, entender os objetivos dos alunos e promover uma mudança em suas vidas. 

Pouco tempo após a estreia, o filme rapidamente ganhou a atenção do público, faturando mais de US$ 179 milhões no mercado internacional. Além disso, a trilha sonora, marcante até os dias de hoje, contribuiu para esse sucesso. 

A trilha, que teria sido escolhida pelo produtor Don Simpson, teve tanto triunfo que foi indicada para o  Grammy Award na categoria Record of the Year. Ela também concorreu  ao NAACP Image Award de Melhor Álbum de Trilha Sonora. Também relacionado a trilha sonora está o videoclipe "Gangsta's Paradise', com Michelle Pfeiffer, que venceu o MTV Music Video Award de melhor vídeo de rap e o MTV Music Video Award de melhor vídeo de um filme.

CONFIRA O VIDEOCLIPE

Só SoundTrack Boa

O filme fez parte do programa Só SoundTrack Boa, da Jovem Pan Vitória, apresentado por Serjão Nascimento. Ao longo do programa, de segunda a sexta, Rebeca Ramos apresenta dicas que fazem o ouvinte mergulhar na memória e viajar no tempo com músicas que fazem parte da cultura mundial, e assim tenta adivinhar qual é o filme ou série que está sendo apresentado. Ao final, ele é convidado a enviar a sua resposta pelo whatsapp da Pan e concorrer a prêmios. Fique de olho que na próxima semana tem mais um clássico! 

Últimas