Folha Vitória Microempreendedores poderão pegar empréstimo emergencial de até R$ 5 mil no ES

Microempreendedores poderão pegar empréstimo emergencial de até R$ 5 mil no ES

Medidas anunciadas por Casagrande foram adotadas em 2020 e retomam opções de empréstimos para MEIs e empresários entre R$ 5 mil e R$ 31.500

Folha Vitória
Foto: Estadão Conteúdo
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Microempreendedores e empresas, cujas atividades foram duramente afetadas pela pandemia, terão à disposição linhas de crédito oferecidas pelo Governo do Estado. O anúncio foi feito pelo governador Renato Casagrande em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (19). As medidas já haviam sido adotadas em 2020 durante a primeira onda de covid-19. 

Assim, retornam opções de empréstimos no valor de até R$ 5 mil e de até
R$ 31.500, ambas do fundo de aval do Banco de Desenvolvimento do Estado do Espirito Santo (Bandes). O fundo disponível está em R$ 100 milhões e será disponibilizado em linhas de crédito emergencial do Banestes e da Aderes.

O microcrédito emergencial de até R$ 5 mil terá juro zero, carência de seis meses e prazo de quitação de até 30 meses. Quem é microempreendedor individual (MEI), caso de cabeleireiros, artesãos, motoristas de aplicativos, proprietários de barracas de lanches, poderá fazer o pedido junto ao Banestes. Pelos cálculos do Estado, atualmente são 220 mil microempreendedores individuais.

Já o capital de giro emergencial, utilizado para suprir a folha de pagamento de empresas prejudicadas pela suspensão das atividades, chega a até R$ 31.500,00, com carência de até seis meses, com juros corrigidos pela taxa Selic (que está em 2,75%).

Leia mais: Casagrande anuncia pacotão de R$ 1,8 bi para ajudar empresas e salvar empregos no ES 

Últimas