Folha Vitória Militar que agrediu suspeito após perseguição em Cariacica é preso por lesão corporal

Militar que agrediu suspeito após perseguição em Cariacica é preso por lesão corporal

Por meio de nota, a Associação de Cabos e Soldados (ACS) disse estar prestando apoio jurídico para o militar desde que ele foi encaminhado à Corregedoria da Polícia Militar para ser ouvido

Folha Vitória
Foto: TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O policial militar flagrado agredindo um suspeito no bairro Itacibá, em Cariacica, na última sexta-feira (9), está preso no Quartel da Polícia Militar em Maruípe.. De acordo com a Associação de Cabos e Soldados do Espírito Santo (ACS), o soldado identificado como Bragança foi autuado por lesão corporal, nos termos do artigo 209 do Código Penal Militar.

Por meio de nota, a ACS disse estar prestando apoio jurídico para o militar desde que ele foi encaminhado à Corregedoria da Polícia Militar para ser ouvido. "O que se viu foi a prisão do militar sem qualquer necessidade, o suposto crime praticado por ele caso fosse condenado, não ficaria preso. Prender o militar é uma medida desarrazoada e certamente o Poder Judiciário irá rever a decisão da Corregedoria e pôr o militar em liberdade", acrescentou a nota.

Ainda segundo a associação, uma vez autuado em flagrante, o militar deverá ser encaminhado para audiência de custódia. Caso a audiência não ocorra neste sábado, a ACS prometeu acionar o plantão do Tribunal de Justiça do Estado para revogar a prisão do militar.

O caso

A agressão por parte do policial aconteceu logo após os suspeitos terem sido capturados. Trata-se de uma dupla que roubou um carro na última quinta-feira (08) no bairro Itacibá, em Cariacica.

Após buscas pela região, os militares encontraram o veículo sendo conduzido por dois rapazes. Foi dada ordem de parada, mas a dupla não obedeceu e fugiu. Durante a perseguição eles perderam o controle do carro em uma ladeira e bateram no muro de uma casa.

Os suspeitos de 20 e 21 anos ficaram feridos no acidente. Eles foram encaminhados para o Pronto Atendimento de Alto Lage e, em seguida, levados para a Delegacia Regional de Cariacica. Segundo a Polícia Civil, os suspeitos foram autuados em flagrante por receptação e encaminhados para o Centro de Triagem de Viana.

Últimas