Folha Vitória Motoboy é assaltado e obrigado a dar carona para suspeito que não sabia dirigir

Motoboy é assaltado e obrigado a dar carona para suspeito que não sabia dirigir

Segundo a vítima golpistas entraram em contato e disseram estar com a moto. Crime aconteceu na Rodovia do Contorno, em Cariacica

Folha Vitória
Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um motoboy foi ameaçado e assaltado por dois homens na Rodovia do Contorno, no bairro Planeta, em Cariacica, por volta das 19h30 desta terça-feira (27). Ele foi obrigado a dar carona para um dos suspeitos que não sabia ligar a moto.

A vítima de 28 anos trabalha para aplicativos de entrega e contou que estava fora de casa desde às 8h. O motoboy disse que estava chovendo e parou próximo a um ponto de ônibus na BR 262 para colocar a capa de chuva e proteger o celular.

> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas pelo WhatsApp? Clique aqui e participe do nosso grupo de notícias!

Ainda de acordo com a vírtima, ele agurdava a chuva diminuir para poder voltar a trabalhar. "A visibilidade tava muito baixa na pista, eu ia me molhar todo, o celular tava sem capa de proteção também, ia molhar o celular todo, ia estragar o celular", disse.

Os homens apareceram de moto e com capacetes. Eles abordaram a vítima com a mão na cintura. O motoboy disse que não viu a arma, mas teve medo do que pudesse acontecer. "Ele tava o tempo todo com a mão na cintura. Chegou a mostrar a arma não", contou.

LEIA TAMBÉM: Polícia faz busca por corpo de perito em terreno em Vila Velha e gerente do Jockey Clube é detido

Apesar de entregar o veículo, um dos suspeitos não conseguiu dar partida na motocicleta e por isso, a vítima foi obrigada a dar uma carona para o homem.

"O rapaz que foi ligar a moto não conseguiu, ele não soube ligar a moto. Foi e me chamou para poder ligar a moto. Fui, liguei a moto, ele falou: 'me leva ali em cima lá que depois eu te devolvo ela'", contou.

Ele contou que o suspeito prometeu entregar a moto depois da carona. "Eu falei: 'você vai me devolver mesmo?', ele falou que sim. Liguei a moto e levei ele lá em cima. Falou para eu deixar a moto ligada e levou a moto", disse.

LEIA TAMBÉM: Homem é preso suspeito de estuprar a filha de 11 anos em Água Doce do Norte 

Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Segundo a vítima, os dois homens fugiram em sentidos opostos após o roubo. O motoboy contou que o veículo ainda não está quitado e não tem seguro, ainda falta pagar por 1 ano e meio.

"Infelizmente eles levaram. Até falei: 'pô, me devolve cara. Eu tô precisando para trabalhar, minha renda é essa aí'. Ele falou: 'não, não. Perdeu'", relatou o motoboy.

LEIA TAMBÉM: 'Marmitagate': polícia investiga suposto golpe em projeto de doação de comida

Depois do assalto, a vítima conseguiu um celular emprestado, ligou para a polícia e para a esposa e pegou um ônibus para voltar para casa. Ela contou que após postar fotos da moto nas redes sociais, golpistas começaram a entrar em contato.

"Várias pessoas já mandaram mensagens falando que tava com a moto, falando que tinha comprado com não sei de quem, pedindo pelo menos metade do valor que eles pagaram na moto e é trote", disse.

LEIA TAMBÉM: Mulher é presa após tentar furtar loja e agredir segurança de shopping de Vila Velha

O motoboy pede para quem avistar a motocicleta devolver ou acionar a polícia. Segundo ele, a moto não é só um veículo, mas o meio dele garantir o sustento da família.

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) informou que o caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), e até o momento nenhum suspeito foi detido e o veículo não consta como recuperado.

LEIA TAMBÉM: Criminosos invadem casa e fazem prefeito e família reféns no Norte do ES

A PCES destacou que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181.

Segundo a Polícia Civil, ainda existe um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e as informações fornecidas investigadas.

*Com informações da repórter Marla Bermudes, da TV Vitória/Record TV

Últimas