Folha Vitória Motorista de aplicativo é agredido e ameaçado durante assalto na Serra

Motorista de aplicativo é agredido e ameaçado durante assalto na Serra

Em um dos casos, a vítima, de 45 anos, foi rendida por três suspeitos e acabou sendo agredida por um deles

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um motorista de aplicativo ficou traumatizado após ter sido alvo de criminosos durante um assalto. Quando terminava uma corrida na Serra, a vítima foi rendida e teve o carro roubado. 

O crime aconteceu na Rua Santa Teresinha, no bairro André Carloni. De acordo com o motorista de aplicativo, ele tinha acabado de deixar um passageiro quando um homem armado o abordou e anunciou o assalto. 

O criminoso exigiu que ele saísse do carro. O motorista não reagiu e fez o que o bandido mandou. Após assumir a direção, o suspeito saiu pela rua em alta velocidade. 

A equipe da produção da TV Vitória/RecordTV entrou em contato por telefone com a vítima, que preferiu não se identificar. O homem contou que ficou na mira de uma arma de fogo. 

"Veio um individuo só. Ele apontou a arma para minha cabeça, mandou eu descer, pegou o carro e saiu. Na mesma hora, liguei para o Ciodes e informei o roubo", contou o motorista.

 O caso foi registrado na Terceira Delegacia Regional da Serra. Na manhã desta quinta-feira (26), a vítima recebeu a informação de que o carro tinha sido localizado em Cariacica. 

A Polícia Civil informou que nenhum suspeito de cometer foi preso e que o caso está sendo investigado. 

Motorista de aplicativo leva gravatada no pescoço durante assalto e fica sem o carro

Um outro motorista de aplicativo foi assaltado e teve o carro levado por bandidos. O crime aconteceu no bairro Caçaroca, também na Serra. A vítima de 45 anos contou à TV Vitória que o crime ocorreu às 23h30, desta quarta-feira (25).

O assalto aconteceu quando o motorista foi fazer a última corrida. O pedido havia sido solicitado por apenas um passageiro, mas quando a vítima chegou ao local da partida, encontrou três homens. 

A vítima contou à polícia, que desconfiou dos três homens. Não demorou muito e os falsos passageiros anunciaram o assalto. 

Um dos suspeitos estava no banco do carona, enquanto os outros dois estavam atrás. No meio do trajeto, um dos criminosos deu um golpe no pescoço da vítima, conhecido popularmente como gravata. 

Segundo o motorista de aplicativo, o suspeito disse no ouvido dele que não queria matá-lo, mas que ele deveria colaborar. 

Diante da ameaça, a vítima não reagiu e seguiu as ordens dos suspeitos. De carro, o trio obrigou o homem a circular por várias ruas até chegarem em Putiri, zona rural do município da Serra, onde a vítima foi deixada.

O motorista registrou um boletim de ocorrência e contou aos policiais tudo o que foi levado pelos criminosos. Além do carro, os suspeitos roubaram R$ 90, resultado das corridas feitas durante a noite, e o celular que a vítima utilizava para trabalhar. 

O homem conseguiu recuperar o carro na manha desta quinta-feira (26). O veículo foi encontrado em uma região próxima ao Fórum de Serra Sede. 

A Polícia Civil informou que até o momento, nenhum suspeito foi detido.

*Com informações dos repórteres Rodrigo Schereder e Marla Bermudes, da TV Vitória / Record TV.

Últimas